fbpx

Solenidade da Anunciação do Senhor

Solenidade da Anunciação do Senhor

A Anunciação do Senhor deu-se provavelmente, ao raiar da aurora

Em Nazaré, numa humilde casa, estava uma Virgem implorando ao Altíssimo que mandasse ao mundo o Salvador prometido. Era jovem, bela, com todas as graças dos 15 anos, com todo o amor de seu coração virgem, com todos os atrativos de sua imensa santidade.

Orava, suplicava, as mãos docemente juntas sobre o peito e olhar como penetrando a imensidade do firmamento. E o olhar de Deus estava fixo sobre esta donzela e suas orações que comoviam o seu coração de pai da humanidade.

Era chegada a hora da libertação. Gabriel, um dos arcanjos gloriosos, deixava o céu e baixava à terra, vinha transmitir a mensagem do Altíssimo. Ele enfim desce e vai à Galileia em direção de uma aldeia esquecida, chamada Nazaré, para a pequenina ermida, onde ora e suplica uma jovem de 1 5 anos, desconhecida do mundo, admirada pelos anjos.

Receba em sua casa a Medalha do Sagrado Coração de Jesus. CLique aqui.

O arcanjo luminoso, sob forma humana, o semblante resplandecente, usava uma veste dourada como a aurora, que despontava ao longe. Numa atitude solene, como convinha ao embaixador do Altíssimo, apresenta-se diante da Virgem em oração: ele fica em pé, inclina-se levemente, e, doces, como as pétalas perfumadas das rosas matinais, saem de seus lábios estas palavras Ave, (Maria, ) cheia de graça, o Senhor é contigo, bendita és tu, entre as mulheres.

A virgem levanta a cabeça, perturbada ao ouvir esta saudação; não se perturba com a presença do anjo, porém, com tal saudação. E a virgem recolhe-se em sua humildade, esconde-se em seu nada. Ela sabe que é um anjo quem fala, e que sua palavra é a expressão da verdade. A virgem fica silenciosa, pensa e escuta.

O Arcanjo inclina-se mais profundamente, e, fitando a sua futura Rainha explica: O Espírito Santo virá sobre ti, e a Virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra, e por isso o Santo que há de nascer de ti, será chamado Filho de Deus.

O mistério está desvendado: Maria será Mãe e ficará Virgem.

Jesus será o teu fruto. Tu ó Mãe, serás a sua flor!

O Arcanjo calou-se, pois Deus dá a Maria o direito de deliberar. Deus espera a resposta, o mundo espera, o anjo espera. E assim, levantando a fronte gloriosa, já coroada pelos dons imensos de Deus, abrindo o coração cheio de graças, e os lábios que devem decidir a sorte do mundo, Maria deposita nas mãos do Arcanjo as palavras da salvação: “Eis aqui a escrava do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra! ”

Esta palavra virginal de humildade e de obediência produziu no mundo uma alegria imensa. O céu e a terra sentem-se comovidos, da mesma forma como dois irmãos que se encontram após uma longa separação! Tendo então recebido esta resposta, o anjo se inclina mais radiante que a aurora, que começa a dourar o perfil das colinas, e retira-se. 

Retira-se, para ceder o lugar ao Redentor, que desce.

Que se passou, então, na humilde casa de Nazaré? “O Verbo se fez carne e habitou entre nós!” O que portanto quer dizer: O Verbo eterno de Deus, seu próprio e único filho, tomou a forma de um corpo, do sangue puríssimo de Maria! Era a Encarnação.

Receba em sua casa a Medalha do Sagrado Coração de Jesus. CLique aqui.

Esta encarnação compreendia duas coisas: A descida do Filho e a sua união verdadeira à nossa carne.

São Bernardo canta em um de seus hinos: “a Majestade divina rebaixou-se para unir-se à nossa natureza, para tornar-se um de nós. No seio de Maria o Imenso se fez pequenino. O Verbo divino, que era até aí, somente o Filho de Deus, tornou-se, por Maria, o Filho do homem. ”

Leitor, foi a Virgem Maria, com sua disponibilidade e obediência, quem trouxe ao mundo aquele que de quem tudo recebemos. Por isso, a Solenidade da Anunciação do Senhor celebra a restauração da harmonia no universo, a união da terra e o céu. É a comemoração do dia em que a Criação passou a brilhar com um brilho todo divino, pelos méritos de Maria Santíssima.

Que esta Solenidade da Anunciação do Senhor inicie um período de oração e meditação, para que, daqui a nove meses, Jesus possa nascer em nossos lares e em nossos corações.


Ajude-nos a continuar nosso trabalho de evangelização e catequese em todo o Brasil!

Os Arcanjos

Os Arcanjos

A Natureza dos Anjos

A Bíblia está cheia da existência dos Anjos, de tal forma que aparecem desde o princípio (ver cap. 3 do Gn). Desse modo, no Antigo Testamento, eles aparecem impedindo que Abraão sacrifique Isaac, consolando Agar no deserto (ver caps. 16 e.22 do Gn), bem como alimentando Elias (1 Rs 19), e protegendo os 3 meninos na fornalha (Dn 3). Igualmente em muitas outras passagens.

Assim, o Novo Testamento se abre com a presença do Anjo Gabriel anunciando a Zacarias o nascimento de João Batista, e a nossa Senhora a Encarnação do Verbo (ver Lc 1). E enchem os Evangelhos até à Ascensão de Cristo. Nos Atos dos Apóstolos há várias aparições de Anjos (ver nos Evangelhos e nos Atos as aparições dos Anjos).

Receba a Medalha Milagrosa em sua casa. Clique e peça a sua.

Os Anjos são puros espíritos. Dessa maneira, são substâncias puramente espirituais. Foram criados por Deus para existirem sem corpo. São as criaturas mais perfeitas, porque têm uma natureza mais semelhante à de Deus (puro espírito).

É grande o número dos Anjos. De fato, a Sagrada Escritura fala sempre do exército dos Anjos. Na sua prisão, nosso Senhor disse que podia pedir ao Pai e ele mandaria mais de 12 legiões de anjos em sua defesa (Mt 26, 53). Além disso, o profeta Daniel, descrevendo o trono de Deus, diz que um milhão de anjos o serviam, e mil milhões o assistiam (Dn 7, 10).

A saber, os Anjos estão divididos em 3 hierarquias, e cada uma delas em 3 coros. A primeira hierarquia é a dos que contemplam a Deus: Serafins, Querubins e Tronos. A segunda hierarquia se ocupa do governo do mundo: Dominações, Virtudes e Potestades. A terceira é encarregada de executar as ordens divinas: Principados, Arcanjos e Anjos.

Então, conhecemos, através da Bíblia, apenas o nome de três Arcanjos, os quais, a Igreja comemora no dia 29 de Setembro.

São Miguel

Os anjos foram dotados por Deus de inteligência perfeitíssima e, no entanto, pecaram, revoltando-se contra seu Criador. Mistério do mal…  São Miguel, por sua fidelidade, recebeu em prêmio a missão de proteger a Santa Igreja.

São Miguel é o grande capitão do exército celeste. Seu nome Mi-cha-el significa, quem é igual a Deus? Pois, Quando Lúcifer, cego pelo orgulho, quis igualar-se ao Altíssimo, Miguel exclamou com voz trovejante: “Quem é igual a Deus?” E acompanhado pelos anjos fiéis, precipitou do alto dos céus a tropa rebelde dos apóstatas. Assim se tornou o generalíssimo do incontável exército dos santos anjos. Vê-se, nos profetas, que era o protetor do povo de Israel; sobretudo, agora o é da Igreja.

Receba a Medalha Milagrosa em sua casa. Clique e peça a sua.

São Gabriel

São Gabriel, cujo nome significa Força de Deus, anuncia ao profeta Daniel a época da grande obra de Deus, a época do Filho de Deus feito homem, Cristo condenado à morte, a remissão dos pecados, o Evangelho pregado a todas as nações, a ruína de Jerusalém e de seu templo, a condenação final do povo judeu. É o mesmo anjo Gabriel que prediz ao sacerdote Zacarias, no templo, no santuário, junto ao altar dos perfumes, o nascimento de um homem que será chamado João, ou cheio de graça, e que não mais anunciará a vinda do Salvador, mas que o apontará: “Eis o Cordeiro de Deus! Eis quem tira os pecados do mundo!”

É o mesmo arcanjo, sempre enviado para anunciar grandes coisas, que irá à humilde casa de Nazaré anunciar à Virgem Maria a maior de todas as coisas; comunicar que, sem deixar de ser virgem, ela daria à luz ao Filho do Altíssimo, que seria chamado Jesus ou Salvador, porque seria o Salvador do mundo. Pois, é esse glorioso arcanjo que nos ensina a dizer tal como ele: “Ave-Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres!”

São Rafael

São Rafael, cujo nome significa Médico ou cura de Deus, dá-se a conhecer a Tobias: “Quando oráveis, vós e Sara vossa nora, ou apresentava o memorial de vossas orações diante do santo; e quando sepultáveis os mortos, estava presente junto de vós. Quando não vos recusáveis a levantar-vos da mesa e deixar vosso jantar para amortalhardes um morto, o bem que praticáveis não permanecia oculto; pois eu estava convosco. E por que éreis agradáveis a Deus, foi necessário que fosseis provados. Agora, porém, Deus enviou-me para curar-vos, a vós e a Sara, esposa de vosso Filho. Sou Rafael, um dos sete anjos que apresentam as orações dos santos, e que podem defrontar a majestade do Santíssimo!

Oração aos Santos Arcanjos

Socorrei-nos, ó Santos Arcanjos, grandes santos irmãos nossos, que sois servos, como nós, diante de Deus. Defendei-nos de nós mesmos, da nossa covardia e tibieza, de nosso egoísmo e de nossa ambição, de nossa inveja e desconfiança, de nossa avidez em procurar a saciedade, a boa vida e a estima.

Desatai as algemas do pecado e do apego a tudo o que passa. Desvenda os nossos olhos que nós mesmos fechamos, para não precisarmos ver as necessidades de nosso próximo, e poder assim ocupar-nos de nós mesmos numa tranquila auto complacência.

Colocai em nosso coração o espinho da santa ansiedade de Deus, para que não deixemos de procurá-lo com ardor, contrição e amor. Contemplai em nós o Sangue do Senhor, que Ele derramou por nossa causa. Observai em nós as lágrimas de Vossa Rainha, que ela derramou sobre nós.

Contemplai em nós, a pobre, desbotada, arruinada imagem de Deus, comparando-a com a imagem íntegra que deveríamos ser por Sua vontade e Seu amor.

Ajudai-nos a conhecer a Deus, a adorá-Lo, a amá-Lo e a servi-Lo. Auxiliai-nos no combate contra os poderes das trevas que traiçoeiramente nos envolvem e nos afligem.

Ajudai-nos para que nenhum de nós se perca e para que um dia estejamos todos jubilosamente reunidos na eterna bem-aventurança.

Amém.

(Via: Canção Nova)


Este artigo sobre os Arcanjos lhe foi útil? Ajude-nos a continuar com esta evangelização. Clique e faça sua doação.