Significado e importância das Novenas - Nossa Senhora das Graças

O significado e a importância das Novenas

Publicado por

Significado e importância das Novenas

Segundo São Jerônico, o número nove nas Sagradas Escrituras indicam sofrimento e dor. Neste sentido, as Novenas simbolizam a imperfeição humana que busca a Deus. (1)

A origem da palavra Novena é, justamente, “nove”. Trata-se de uma devoção de oração privada ou pública que dura nove dias, feita com o objetivo de obter graças ou intenções especiais.

Ao pedir pela intercessão de Cristo, da Virgem Maria ou de algum santo de nossa devoção, devemos rezar a novena com o desejo sincero de imitarmos suas virtudes. Por isso São Jerônimo diz que esta devoção simboliza a imperfeição humana buscando a Deus, já que buscamos a perfeição e as virtudes dos santos.

Origens

Espanha e  França foram os primeiros países a introduzirem uma novena em seus calendários. Tratava-se da Novena preparatória do Natal do Senhor, que tinha objetivo de recordar os nove meses de gravidez da Virgem Maria. Na Espanha, em 656, no Concílio de Toledo, a Festa da Anunciação foi transferida para o dia 18 de dezembro, dentro da novena. Desta novena, surge o costume de rezar-se novenas à Virgem Maria e aos santos pedindo sua intercessão.

Clique agora e receba em sua casa a Medalha Milagrosa

Importância

Toda e qualquer novena requer três qualidades para ser eficaz: Humildade, Confiança e Perseverança! Incontáveis santos rezaram novenas com grande devoção e outros mais ainda deram testemunho da importância desta devoção aparecendo pessoalmente a seus devotos.

Em 1633, um jesuíta, Pe Mastrilli S.J, havia sofrido um grave acidente e estava entre a vida e a morte. Um dia, São Francisco Xavier (a quem tinha muita devoção) lhe apareceu dizendo que, se quisesse ficar curado, que consagrasse sua vida à evangelização do Oriente. O sacerdote então fez o propósito diante de seu superior.

Depois, o santo apareceu novamente pedindo que renovasse aquela promessa e mostrou ao jesuíta que este sofreria o martírio. Pe. Mastrilli assim o fez e imediatamente ficou curado. Na manhã seguinte celebrou missa no altar de S. Francisco Xavier e pouco tempo depois viajou para o Japão, onde foi martirizado no dia 17 de outubro de 1637.

A fama deste milagre espalhou-se rapidamente e inspirou a novena a São Francisco Xavier, a qual ficou conhecida até hoje como a “Novena da Graça”. Celebrada em muitos lugares do dia 4 ao dia 12 de março, dia da canonização de São Francisco Xavier.

O próprio Nosso Senhor Jesus Cristo, em suas aparições a Santa Margarida Maria Alacoque recomendou que celebrássemos as nove primeiras sextas feiras do mês prometendo: “Eu prometo, na excessiva misericórdia do meu Coração, que meu amor onipotente concederá a todos os que comungarem durante nove primeiras-sextas feiras do mês seguidas, a graça da penitência final; não hão de morrer em pecado e sem receber os sacramentos, servindo-lhes meu Coração de asilo seguro naquele último momento.”

Clique agora e receba em sua casa a Medalha de São Bento

Conclusão

As novenas são importantes para afervorarem nossa fé devoção. Necessitamos de humildade, confiança e perseverança, três importantes qualidades para que nossas orações possam ser atendidas.

Sejamos do número daqueles que, diarimente  confiam nas palavras do divino Mestres “Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede, recebe. Quem busca, acha. A quem bate, se abrirá.” (Mt 7, 8-8)

 

Fontes consultadas:

  1. cf. Jerome, loc. cit.; Athenagoras, “Legat. pro Christian.”, P.G., VI, 902; Pseudo-Ambrosius, P.L., XVII, 10 sq., 633; Rabanus Maurus, P.L., CIX, 948 sq., CXI, 491; Angelomus Monach., In Lib. Reg. IV, P.L., CXV, 346; Philo the Jew, “Lucubrationes”, Basle, 1554, p. 283).
  2. cf. Vermeesch, “Pratique et doctrine de la dévotion au Sacré Coeur de Jésus”, Tournai, 1906, 555 sqq.).

Categorizados em: ,

Este artigo foi escrito porRodrigo Freitas