Medalha Milagrosa

Sarajevo: Papa apresenta-se como «mensageiro da paz»

Agência Ecclesia

02 de Junho de 2015, às 11:40

Francisco vai visitar capital da Bósnia-Herzegovina este sábado

Cidade do Vaticano, 02 jun 2015 (Ecclesia) - O Papa enviou uma videomensagem aos cidadãos da Bósnia-Herzegovina por ocasião da sua visita à capital Sarajevo, este sábado, e apresentou-se como "mensageiro da paz".
"Preparo-me para ir até junto de vós como um irmão mensageiro de paz, para exprimir a todos - a todos - a minha estima e a minha amizade: gostaria de anunciar a cada pessoa, cada família, cada comunidade, a misericórdia, a ternura e o amor de Deus"
, assinala Francisco, numa mensagem divulgada hoje pela sala de imprensa da Santa Sé.
Na gravação, o pontífice argentino convida a população da Bósnia-Herzegovina a unir-se às suas orações para que esta viagem apostólica possa "produzir os frutos esperados para a comunidade cristã e para toda a sociedade".
O programa oficial da visita que o Papa vai fazer a Sarajevo, capital da Bósnia-Herzegovina, inclui encontros com políticos e líderes religiosos.20150602 -Sarajevo Papa apresenta-se como «mensageiro da paz». jpeg.jpg
"Vou encontrar-me convosco, se Deus quiser, para confirmar na fé os fiéis católicos, para promover o diálogo ecuménico e inter-religioso e, sobretudo, para encorajar a convivência pacífica no vosso país", diz Francisco.
O Papa garante a todos o seu "afeto" e "proximidade espiritual", encorajando os católicos a ser testemunhas da fé e do amor de Deus, por uma sociedade que caminhe "rumo à paz."
A videomensagem conclui-se com um "obrigado e até já", invocando a proteção de Nossa Senhora.
O acolhimento no aeroporto internacional de Sarajevo está previsto para as 09h00 locais (menos uma em Lisboa), seguindo-se a cerimónia de boas-vindas no palácio presidencial e o encontro com as autoridades políticas, com o primeiro discurso de Francisco.
Francisco preside depois a uma Missa no Estádio Kosevo, pelas 11h00, antes do encontro "informal" com os bispos da Bósnia-Herzegovina; após o almoço, vai reunir-se na catedral de Sarajevo com membros do clero e de institutos religiosos, às 16h20.
Uma hora depois, o Papa desloca-se ao centro internacional académico dos franciscanos, para um encontro ecuménico e inter-religioso, no qual vai pronunciar a sua quarta e penúltima intervenção.
Pelas 18h30, Francisco reúne-se com os jovens no centro ‘João Paulo II', antes de se deslocar para o aeroporto internacional, onde decorre a cerimónia de despedida, às 19h45.
Sarajevo foi uma das cidades mais atingidas pela guerra nos Balcãs, após a independência de várias nações que integravam a antiga Jugoslávia, nos anos 90 do século XX.
São João Paulo II visitou a capital da Bósnia-Herzegovina em abril de 1997 e uma estátua do Papa polaco foi instalada na cidade, de maioria muçulmana, para evocar esta viagem.

OC

 

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.