Medalha Milagrosa

Festa de Navegantes reúne cerca de 100 mil em Porto Alegre

NSAN.jpg
Foto: http://www.arquidiocesepoa.org.br/

Porto Alegre - Rio Grande do Sul (Terça-Feira, 03/02/2015, Gaudium Press) Cerca de 100 mil pessoas participaram ontem, dia 2 de fevereiro, da 140ª Procissão de Nossa Senhora dos Navegantes na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Considerada a maior celebração religiosa do Estado, a homenagem à Virgem protetora dos mares teve início às 7h, com a concentração dos fiéis na Igreja Nossa Senhora do Rosário, e se estendeu até o fim da manhã.

A partir das 8h, os devotos saíram em procissão pelas ruas da capital gaúcha, conduzindo a imagem da santa até o Santuário de Navegantes. Com duração de aproximadamente duas horas, o percurso de cerca de cinco quilômetros contou com a participação de fiéis de todas as idades, inclusive de crianças vestidas de anjo e de pessoas carregando terços e flores.

Esta edição da procissão teve a ilustre presença de Dom Giovanni D'Aniello, representante do Papa no Brasil, que foi o celebrante da Missa Campal, realizada no fim da caminhada, por volta das 10h30. De acordo com o Prelado, participar da festa junto com a multidão reunida para homenagear a Mãe dos Navegantes foi um momento de muita emoção, pois a fé é aquele motor que faz com que a nossa vida possa ter um sentido.

Na sua primeira visita à Porto Alegre, Dom Giovanni participará ainda de uma extensa programação, que incluiu idas a comunidades carentes da região. Além disso, ele também aproveitará sua estadia para conhecer o Santuário Arquidiocesano Mãe de Deus, na Gruta de Lourdes. Seu retorno a Brasília acontecerá amanhã, às 16h.

Procissão fluvial

Ainda dentro das atividades alusivas à festa, ocorreu na manhã de ontem a procissão fluvial, que partiu da Usina do Gasômetro, às 9h30, rumo ao Parque Náutico do Rio Grande do Sul. A travessia contou com a participação de religiosos, remadores, pescadores, integrantes do clube náutico e fieis da padroeira dos mares. No turno da tarde, na praça central dos Navegantes, houve vários shows de bandas católicas, das 14h às 21h.

Devoção

A Festa de Navegantes em Porto Alegre é uma das maiores celebrações religiosa da Capital gaúcha. A devoção à santa é uma herança lusitana. A fé foi transmitida aos gaúchos pelos navegadores portugueses, que consideram Maria, mãe de Jesus, como a santa protetora dos mares. Em Porto Alegre, cidade de colonização açoriana, os imigrantes encomendaram ao escultor João Alfonso Lapa, que vivia em Portugal, a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes.

A obra chegou a Capital gaúcha em 1871, e em 1875, foi concedida a licença para a construção da capela de Nossa Senhora dos Navegantes em um terreno doado. A primeira procissão ocorreu no dia 2 de fevereiro daquele ano. Ao amanhecer, por terra. À tarde, pelo rio. A imagem foi levada da igreja de Nossa Senhora do Rosário à capela do Menino Deus, onde permaneceu até a inauguração do santuário, em 1876.

Um incêndio atingiu a paróquia em 1910 e destruiu a imagem trazida de Portugal. A reconstrução da igreja foi feita pelos devotos, e uma nova imagem foi encomendada ao mesmo escultor. A reinauguração ocorreu em 1913. O local até hoje recebe os milhares de fiéis para a devoção particular e para a Festa de Navegantes. (FB)

Gaudium Press

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.