Medalha Milagrosa

Cardeal Paulo Evaristo Arns celebra 69 anos de ordenação sacerdócio

Foto: Arquidiocese de São Paulo

O Cardeal Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo, completou neste domingo, 30, 69 anos de sua ordenação sacerdotal. A data foi celebrada com uma missa na Catedral da Sé, presidida pelo arcebispo metropolitano, Cardeal Odilo Pedro Scherer.

Aos 93 anos, Dom Paulo concelebrou a Eucaristia junto com Dom Antonio Gaspar, bispo emérito de Barretos (SP) e que colaborou com Dom Paulo como bispo auxiliar da Arquidiocese; e Dom Pedro Luiz Stringhini, bispo de Mogi das Cruzes, que foi ordenado sacerdote por Dom Paulo e também foi bispo auxiliar de São Paulo.; além de muitos padres. A Catedral também estava lotada de fieis e personalidades da sociedade que queriam saudar o Cardeal Arns.

Logo no início da missa, Dom Paulo dirigiu breves palavras de agradecimento:

“Agradeço ao senhor Cardeal Dom Odilo Pedro de ter aceito a presidência dessa celebração e peço a todos os fiéis aqui presentes uma fervorosa oração pelas vocações sacerdotais. Nossa  querida Arquidiocese de São Paulo é tão grande e se desenvolve tanto que jamais terá vocações suficientes se assim continuarmos. Que Deus abençoe as famílias e os jovens que desejam seguir a Jesus Cristo, sumo e eterno sacerdote.  Obrigado. Amém!”

Na homilia, recordando o lema episcopal de Dom Paulo, “De esperança em esperança”, o Cardeal Scherer ressaltou que o sacerdócio é na Igreja um serviço à humanidade de anunciar a esperança do Reino de Deus “Vivamos nós essa dimensão da esperança em toda a nossa vida. Dom Paulo já a viveu longamente. Que Deus o abençoe e o recompense, Dom Paulo, por toda a sua  vida dedicada ao sacerdócio, toda sua vida dedicada a essa profecia da esperança”.

Mesmo com dificuldade para se locomover, devido à idade, Dom Paulo se aproximou dos fiéis no final da missa para saudá-los.

De acordo com o professor da PUC-SP, Fernando Altemeyer Junior, Dom Paulo é o cardeal vivo nomeado há mais tempo entre todos os 209 cardeais hoje vivos no mundo. “Ele foi feito cardeal pelo Santo Papa Paulo VI. Só há mais um cardeal nomeado por Paulo VI, William Wakefield Baum. Todos os demais foram feitos cardeais ou pelo São João Paulo II, ou por Bento XVI ou pelo atual papa Francisco”, informou.

Arquidiocese de São Paulo 

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.