Medalha Milagrosa

Bispos e religiosos(as) da América Latina preparam Ano da Vida Consagrada

Foto: Celam

Participantes de 20 países estiveram presentes no VII Encontro do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam) e da Vida Consagrada, realizado de 13 a  16 de outubro, em Quito, no Equador. O evento reuniu cerca de 30 pessoas, entre bispos, religiosas,  religiosos e  sacerdotes,  com o propósito de assumir o Ano da Vida Consagrada, que terá início em 30 de novembro deste ano, e seguirá até 02 de fevereiro de 2016. O lema será “Evangelho, profecia e esperança. Vida Consagrada na Igreja hoje”.

O encontro também teve como objetivo dar continuar ao  trabalho com as instituições eclesiásticas, para fortalecer o entendimento mútuo, apresentar orientações para o Ano de Vida Consagrada e os processos e iniciativas que promovam a vida plena e comunhão missionária em nosso continente.

Das 22 Conferências Latino-Americanas de religiosos, 15 estiveram presentes, além da presidente da Confederação dos Institutos Seculares da América Latina (CISAL) e a presidente da Conferência Nacional dos Institutos Seculares (CNIS).

Entre os assuntos abordados no encontro, esteve a necessidade de mútua valorização da vida consagrada nas igrejas particulares; a diminuição vocacional, devido ao envelhecimento dos membros; o crescimento das experiências intercongregacionais; sobre o carisma e o laicato; a presença da vida consagrada nas periferias existenciais do povo latino-americano e caribenho; e ainda a caminhada gestando um novo paradigma de uma Igreja em comunhão.

Bispos, consagradas e representantes dos institutos seculares assumiram compromissos específicos. O episcopado firmou o compromisso de testemunho de vida aos pastores, como vínculo de comunhão e diálogo, além de conhecer a vida consagrada segundo seus carismas. Já os consagrados se comprometeram a comunicar a experiência de fraternidade e busca conjunta, vivenciadas no encontro, e aprofundar o documento “Mutuae Relations”. Os institutos de vida consagrada ficaram de trabalhar em comunhão e fortalecer as ações missionárias.

CNBB 

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.