Medalha Milagrosa

Arquidiocese de São Paulo celebra Ação de Graças pela canonização de Anchieta

São Paulo (Segunda-feira, 07-04-2014, Gaudium Press) A manhã deste domingo, 06, foi repleta de momentos de alegria, Fé e muita devoção para os fiéis da Arquidiocese de São Paulo, em vista da canonização de São José de Anchieta, realizada no dia 3 de abril, através de um decreto assinado pelo Papa Francisco, no Vaticano.dom_odilo_2.jpg

Foto: CNBB

Milhares de pessoas lotaram a Catedral Metropolitana durante a Missa Solene em Ação de Graças pela canonização do "Apóstolo do Brasil", celebrada pelo Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, e concelebrada pelo Arcebispo Emérito, Dom Cláudio Hummes, bem como pelos bispos auxiliares e o clero arquidiocesano.

As comemorações pela Canonização neste domingo iniciaram logo cedo, com a procissão de uma das relíquias de Anchieta (pedaço do fêmur), realizada pelos fiéis nas ruas do cento paulistano.

Na ocasião, Dom Odilo e o Padre Carlos Contieri, Diretor do Pátio do Colégio, rezaram diante da relíquia, antes da procissão.

Segundo o Cardeal de São Paulo, todos são encorajados a imitar o exemplo de São José de Anchieta e a crer que a santidade não está fora do alcance, a qual, em última análise, se expressa na profunda sintonia e comunhão com Deus.

"Peçamos a Deus que nos dê a graça de olhar para São José de Anchieta, e aprender d'Ele, as lições que ele nos ensina para os nossos dias e ter nele um companheiro, alguém que está ao nosso lado, também como um intercessor, que olha para as nossas necessidades e as apresentas a Deus", enfatizou.

Para Mieczyslaw Smyda, Provincial da Província Centro-Leste do Brasil, da Companhia de Jesus, a convivência do "Apóstolo do Brasil" com os mais necessitados, o diálogo evangelizador e a catequese foram suas grandes marcas.

"Ele aprendeu a servir aos diferentes e mais necessitados não pela imposição, mas pela atração e convencimento. Como vela, que se consome para irradiar a luz, calor e vida, assim se esvaziou a vida desse nosso Santo, em nossas terras."

Além disso, quatro membros de duas comunidades arquidiocesanas, que possuem São José de Anchieta como padroeiro, depositaram arranjos de flores junto ao relicário, ato este onde foi ascendido o Círio Pascal pelo Arcebispo Dom Odilo, lembrando o Nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitado. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de São Paulo 

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.