Medalha Milagrosa

Vaticano vai ter nova Constituição

Vaticano.jpg
 photo credit: imagina (www.giuseppemoscato.com) via photopin cc

Cidade do Vaticano, 03 out 2013 (Ecclesia) - O Papa Francisco encerrou hoje o seu primeiro encontro com grupo de oito cardeais dos cinco continentes que nomeou em abril para o aconselharem, abrindo caminho à redação de uma nova constituição para a Cúria Romana.

"A orientação não é para uma simples atualização da ‘Pastor bonus' (documento de João Paulo II), mas para a elaboração de uma Constituição com novidades muito consistentes: julgo que devemos esperar uma nova Constituição no final deste trabalho do Conselho e do Papa com o seu Conselho", disse aos jornalistas o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, em conferência de imprensa.

O novo "Conselho de Cardeais" tem como missão auxiliar o Papa no governo da Igreja promover o aperfeiçoamento do documento que regulamenta atualmente a Cúria do Vaticano, organismos centrais (dicastérios) da Santa Sé, a constituição 'Pastor bonus', assinada por João Paulo II a 28 de junho de 1988.

A reforma da Cúria Romana esteve no centro dos trabalhos desta primeira reunião de Francisco com o conselho consultivo, iniciada na terça-feira.

O porta-voz do Vaticano afirmou que este trabalho "vai requerer um tempo adequado" e visa colocar os organismos centrais da Igreja Católica a funcionar em termos de "subsidiariedade e não de centralismo".

Neste contexto, acrescentou o padre Lombardi, os trabalhos à porta fechada aludiram ainda às funções e ao papel da Secretaria de Estado do Vaticano, que deve ser a "Secretaria do Papa".

Esta reflexão surge a poucos dias da tomada de posse do novo secretário de Estado, D. Pietro Parolin, marcada para 15 de outubro.

Em cima da mesa esteve ainda a possibilidade de criar a figura de um "moderador da Cúria", que coordenasse os dicastérios.

Segundo a sala de imprensa da Santa Sé, os participantes falaram do "papel dos leigos na Igreja", do próximo Sínodo dos Bispos.

O porta-voz do Vaticano adiantou que a próxima reunião do Conselho de Cardeais deve acontecer no início de 2014, entre janeiro e fevereiro.

O grupo é coordenado por Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, Honduras, e presidente da Cáritas Internacional, incluindo Giuseppe Bertello, presidente do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano, Francisco Javier Errázuriz Ossa, arcebispo emérito de Santiago do Chile, e Oswald Gracias, arcebispo de Bombaím, na Índia.

Reinhard Marx, arcebispo de Munique e Freising (Alemanha), Laurent Monsengwo Pasinya, arcebispo de Kinshasa, na República Democrática do Congo, Sean Patrick O'Malley, arcebispo de Boston, nos EUA, e George Pell arcebispo de Sydney, na Austrália, completam o elenco do conselho que tem como secretário D. Marcello Semeraro, bispo da diocese italiana de Albano. OC

Agência Ecclesia

 

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.