Medalha Milagrosa

JMJ: 45 participantes pediram refúgio no Brasil

Rio de Janeiro, 26 ago 2013 (Ecclesia) – O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) recebeu 45 pedidos de jovens que participaram na Jornada Mundial da Juventude, para serem considerados “refugiados”.

Os pedidos confirmados pelo ACNUR chegaram de jovens provenientes do Paquistão, Serra Leoa e República Democrática do Congo, alegando que nos seus países de origem os jovens sofriam “perseguição” e “ameaças” por professarem a fé católica.

De acordo com a Agência de Noticias Católica da Argentina (AICA) a arquidiocese do Rio de Janeiro recebeu 40 pedidos e a arquidiocese de São Paulo, os restantes cinco.

Os jovens estão a ser “assistidos, acolhidos e alimentados” de forma “provisória” por voluntários católicos e autoridades municipais, estando os seus pedidos a ser analisados pelo Comité Nacional dos Refugiados, um organismo dependente do Ministério da Justiça do Brasil.

AICA/LS/Agência Ecclesia

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.