Medalha Milagrosa

Egito: Violência contra cristãos depois da destituição do presidente egípcio

Lisboa, 04 jul 2013 (Ecclesia) – A agência de notícias Fides, no Vaticano, revelou que esta quarta-feira, após a destituição do presidente do Egito, Mohamed Morsi, se registou a invasão da paróquia copto-católica de São Jorge.

Grupos islâmicos assaltaram e incendiaram a casa do pároco e as instalações dos grupos paroquiais.

A paróquia copto-católica de São Jorge, na localidade de Delgia fica a 60 quilómetros de Minya, e a mais de 250 quilómetros a sul do Cairo.

O bispo Copto-católico de Minya, D. Botros Fahim Awad Hanna, assinalou à Fides que “não existiram vítimas nem feridos mas o alarme continua”.

As estradas de acesso à cidade foram encerradas, pelos mesmos grupos, e o bispo de Minya acrescenta que “gritam frases contra os cristãos e dizem que querem destruir tudo”.

D. Botros Hanna revela ainda que a polícia local “é impotente” e que pediu ajuda ao exército.

Até ao momento, este é o incidente mais grave contra os cristãos mas noutras localidades também foram registadas ameaças e intimidações.

Agência Ecclesia com RV/CB/OC

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.