Medalha Milagrosa

Regina Coeli: Santo Padre destaca iniciativa em defesa da vida desde a concepção

Cidade do Vaticano, 12 mai 2013 (RV) - Ao término da missa na manhã deste domingo, na qual proclamou Santos duas irmãs latino-americanas e os mártires de Otranto – sul da Itália –, o Papa presidiu a oração mariana do Regina Coeli dirigindo suas felicitações à Itália, México e Colômbia, países de proveniência dos novos Santos, e lançando de modo particular um apelo em defesa da vida desde a concepção.

Efetivamente, foi um novo banho de multidão, entusiasmo e afeto a Francisco que ao término do Regina Coeli, de papamóvel, chegou até a Rua da Conciliação – artéria principal que dá acesso à Praça São Pedro – para saudar os fiéis, mais de 70 mil, beijar as crianças e abençoá-las: antes de voltar ao recinto da praça, o Santo Padre desceu do veículo para abraçar numerosos portadores de deficiência.

E antes da oração mariana o primeiro pensamento do Papa foi dedicado à Itália:

"Que os mártires de Otranto ajudem o querido povo italiano a olhar para o futuro com esperança, confiando na proximidade de Deus que jamais abandona, inclusive nos momentos difíceis."

Em seguida, rezou a fim de que "por intercessão de Madre Laura Montoya o Senhor conceda um novo impulso missionário e evangelizador à Igreja" colombiana e para que "inspirados no exemplo de concórdia e reconciliação desta nova Santa, os amados filhos da Colômbia continuem trabalhando pela paz e o justo desenvolvimento de sua pátria".

Logo depois, colocou "todos os pobres, os doentes e aqueles que os assistem" nas mãos de "Santa Guadalupe García Zavala" e recomendou "à sua intercessão a nobre nação mexicana, a fim de que superada toda violência e insegurança, avance sempre mais no caminho da solidariedade e da convivência fraterna".

O Santo Padre recordou que neste sábado, em Roma, foi proclamado Beato o sacerdote Luigi Novarese, fundador do "Centro Voluntários do Sofrimento" e dos "Silenciosos Operários da Cruz":

"Uno-me ao rendimento de graças por este sacerdote exemplar, que soube renovar a pastoral dos enfermos tornando-os sujeitos ativos na Igreja."

O Papa Francisco saudou também os participantes da "Caminhada pela vida", que teve lugar na manhã deste domingo em Roma, convidando-os a "manter viva a atenção de todos sobre o tema tão importante do respeito pela vida humana desde o momento da sua concepção":

"A esse propósito, quero recordar também o abaixo-assinado que se realiza neste domingo em muitas paróquias italianas, a fim de apoiar a iniciativa europeia 'Um de nós', para assegurar a proteção jurídica do embrião, tutelando todo ser humano desde o primeiro momento da sua existência. A 'Jornada do Evangelium Vitae' será um momento particular para aqueles que têm a peito a defesa da sacralidade da vida humana, que se realizará aqui no Vaticano, no contexto do Ano da Fé, nos dias 15 e 16 de junho próximo."

Desejando a todos um bom domingo e bom almoço, o Santo Padre concedeu a sua Bênção apostólica.

(RL) - Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.