Medalha Milagrosa

'Laicato' será proposto como tema para 52ª Assembleia da CNBB

O presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato dom Frei Severino Clasen, bispo de Caçador (SC), disse em entrevista ao portal A12.com que é um desejo de todo o laicato no Brasil, manifestado em encontros de leigos, que seja despertada uma ampla reflexão sobre a missão dos leigos e leigas na Igreja e na sociedade. Para isso, o tema laicato deve ser proposto para a 52ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) que acontecerá em 2014.
 
"Nos encontros, os leigos manifestam esse desejo e cabe a nós ouvir os anseios do povo, no caso, o laicato. É importante que os bispos, o clero e sobretudo os leigos e leigas aprofundem essa temática porque há muitas pessoas leigas contribuindo com muita capacidade dentro da Igreja e na sociedade", contou.
 
Os temas da assembleia são escolhidos normalmente um ano antes da realização do encontro de bispos para que a Comissão do tema central tenha tempo suficiente para os encaminhamentos. Segundo dom Severino, a proposta de colocar o laicato no centro das reflexões da próxima assembleia deve ser apresentada na reunião do CONSEP (Conselho Episcopal Pastoral ) que acontecerá entre o dias 14 e 16 de maio. Na reunião de junho, os bispos devem abordar mais especificamente a questão e definir se o tema será ou não assumido na assembleia do próximo ano.
 
Caso o tema laicato seja aprovado pelos bispos para a 52ª assembleia geral, dom Severino acredita que a abordagem contribuirá para a missão de construir um mundo melhor e mais justo.
 
"Nós cristãos temos a missão de ajustar as relações nesse mundo. Não podemos ficar isolados vendo tantas coisas equivocadas sendo legitimadas e leis perversas na sociedade silenciando milhões de cristãos leigos e leigas. Diria que o enfoque central seria aquecer a vocação dos cristãos para a construção de um mundo mais justo e fraterno, um mundo mais alegre e digno, onde as pessoas possam ser mais felizes. Essa é a missão primordial, fazer com que todos os batizados vivam a alegria de serem cristãos, serem discípulos missionários da alegria e da esperança", enfatizou.
 
Outro destaque para os leigos deve acontecer em 2015. Dom Severino disse que a CNBB poderá declarar 2015 como o “Ano dos Leigos” e, mais uma vez, despertar consciência aos leigos e leigas de sua importância na vida da Igreja e testemunhar o batismo na sociedade. Sendo declarado o 'ano dos leigos' a Igreja deverá promover ações para o aprofundamento de debates.
 
"A partir de um texto de estudos, devemos fazer com que o máximo possível de leigos e leigas se envolvam nos debates. Ouvir, possivelmente, tantos que deixaram a vivência eclesial e outros que abandonaram a fé e a credibilidade na Igreja. São alguns tópicos dentre tantos os que estamos conversando e que gostaríamos de abordar em nível nacional. Com toda essa movimentação, julgamos que é oportuno um ano dedicado ao laicato, lembrando o término do Concilio Vaticano II", citou.
 
A assembleia geral da CNBB acontece todos os anos em Aparecida (SP) e em 2014 o encontro dos bispos está agendado para o inicio de maio.

Portal A12

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.