Medalha Milagrosa

Vídeomensagem de Papa Francisco para a exposição do Santo Sudário

Santo Sudario.jpgTurim, 30 mar (RV) – A Rai, Rádio e Televisão Italiana, transmite em mundo visão (das 18h10 às 19h50, hora italiana) neste sábado, a Exposição extraordinária do Sudário de Turim. Após a Exposição de 2010 que viu passar diante do Linho Sagrado, na Catedraç de Turim, mais de 2 milhões de peregrinos provenientes de todo o mundo e a 40 anos da primeira Exposição televisiva que foi transmitida, ao vivo, no dia 23 de novembro de 1973 do Sallão dos Suíços do Palácio Real, onde o Sudário fora exposto verticalmente ( e não horizontalmente como é de costume), mais uma vez o Linho Sagrado, através da televisão italiana poderá ser visto em todo o mundo.

O Papa Francisco gravou uma videomensagem por ocasião da exposição neste Sábado Santo.

Eis a íntergra da mensagem:
Amados irmãos e irmãs,
Juntamente convosco coloco-me também eu diante do Santo Sudário, e agradeço ao Senhor por esta possibilidade que nos oferecem os instrumentos de hoje.
Embora realizado desta forma, o nosso ato de presença não é uma simples visão, mas uma veneração: é um olhar de oração. Diria mais: é um deixar-se olhar. Este Rosto tem os olhos fechados – é o rosto de um defunto – e todavia, misteriosamente, olha-nos e, no silêncio, fala-nos. Como é possível? Por que motivo quer o povo fiel, como vós, deter-se diante deste Ícone de um Homem flagelado e crucificado? Porque o Homem do Sudário nos convida a contemplar Jesus de Nazaré. Esta imagem – impressa no lençol – fala ao nosso coração e impele-nos a subir o Monte do Calvário, a olhar o madeiro da Cruz, a mergulhar-nos no silêncio eloquente do amor.
Deixemo-nos, pois, alcançar por este olhar, que não procura os nossos olhos, mas o nosso coração. Ouçamos o que nos quer dizer, no silêncio, ultrapassando a própria morte. Através do Santo Sudário, chega-nos a Palavra única e última de Deus: o Amor feito homem, encarnado na nossa história; o Amor misericordioso de Deus, que tomou sobre Si todo o mal do mundo para nos libertar do seu domínio. Este Rosto desfigurado parece-se com muitos rostos de homens e mulheres feridos por uma vida não respeitadora da sua dignidade, por guerras e violências que se abatem sobre os mais frágeis... E no entanto o Rosto do Sudário comunica uma grande paz; este Corpo torturado exprime uma soberana majestade. É como se deixasse transparecer uma energia refreada mas poderosa, é como se nos dissesse: tem confiança, não percas a esperança; a força do amor de Deus, a força do Ressuscitado tudo vence.
Por isso, contemplando o Homem do Sudário, faço minha, neste momento, a oração que São Francisco de Assis pronunciou diante do Crucifixo:
Deus altíssimo e glorioso,
iluminai as trevas do meu coração.
E dai-me fé reta, esperança certa e caridade perfeita,
juízo e conhecimento, Senhor,
para cumprir o vosso mandamento santo e verdadeiro. Amém.

Na Catedral de Turim, estarão convidados especiais, como explica o Arcebispo: “Muitos enfermos, deficientes e pessoas em dificuldade, que carregam no próprio corpo os sinais da Paixão do Senhor, mas a vivem com fé e abandono à sua vontade”.

Em vista da exposição, é possível baixar o primeiro aplicativo oficial para iPhone e iPad dedicado ao Sudário.

(SP) - Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.