Medalha Milagrosa

Brasão de Bento XVI é retirado dos Jardins Vaticanos

Roma, 08 mar (ACI/EWTN Noticias) - O diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, comunicou aos jornalistas que foi retirado dos Jardins Vaticanos o brasão do Papa Emérito Bento XVI.

Tratava-se de um grande brasão desenhado na terra com flores de diferentes tipologias e cores, que permitiam ao desenho ter diferentes relevos e texturas, e que era muito apreciado por quem visitava a cúpula que coroa a Basílica de São Pedro.

O escudo de Bento XVI incluía a concha de Santo Agostinho; o urso de São Corbiniano; e o Mouro da Frisinga, um elemento que evoca as origens bávaras do Pontífice: a cabeça de etíope que há mil anos aparece no escudo dos bispos da Frisinga (Alemanha).

Com a retirada do escudo de Bento XVI, nos Jardins Vaticanos resta agora um grande vazio de terra escura, e permanecerá assim até o final do Período de Sé Vacante, que culmina com a eleição do novo Papa.

O vazio será preenchido assim que o novo Pontífice escolha os motivos do escudo papal que o representará.

Acidigital

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.