Medalha Milagrosa

São Vicente de Paulo

1) O chamado fez-se presente desde a infância

Nada mais belo que o alvorecer da vocação! Já na infância fez-se notar os sinais do nobre chamado de São Vicente. Alguns santos, como São Camilo de Léllis, descobriram sua vocação quando eram muito vividos. Conforme a vontade de Deus, o chamado pode ser sentido quando somos crianças ou adultos. O importante é estarmos sempre atentos aos sinais do Senhor, e de coração aberto para fazer a vontade d’Ele. Assim procedeu o nosso santo francês: não titubeou quando seu pai lhe enviara a estudar para ser sacerdote.

Muitas pessoas acreditam que escolheram a vida religiosa por vontade própria. Na verdade, é Deus quem nos escolhe, fazendo nascer dentro de nós, através da graça, uma inclinação forte para segui-lo. O próprio Nosso Senhor Jesus Cristo é Quem o afirma: “Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça” (Jo 15,16). O mesmo nos diz Santo Agostinho em seus comentários aos Salmos: “A vocação não se deve aos nossos méritos, mas à benevolência e misericórdia de Deus.”

2) A erva daninha da vaidade

São Vicente, graças aos progressos que fez nos estudos e aos elogios dos seus mestres, deixou-se envaidecer-se. Neste ponto, vale muito a pena que o (a) catequista reflita com os seus alunos sobre uma grande verdade: Você pode estar dentro do Paraíso Terrestre, cercado de belezas naturais, virtude e santidade, mas não se esqueça de que ali também habita uma serpente... Na caminhada da vocação, o Inimigo nos acompanha passo a passo, tentando nos desviar de nossos objetivos. E um dos instrumentos mais utilizados pelo demônio é a vaidade. A erva daninha da vaidade arruína a vida espiritual do cristão. Foi pela vaidade que Lúcifer foi banido dos Céus e se tornou o maior adversário de Deus. Foi com a vaidade que a serpente tentou a Eva: “Sereis como deuses”. Desde o princípio que pela vaidade muitas “estrelas” se apagam.

Felizmente, com o passar dos anos, São Vicente recobrou a humildade e se santificou.

3) Prisão, exílio, escravidão e retorno a Paris

É muito benéfico para o cristão contemplar na história de um santo a sua fidelidade a Deus. Durante os anos que viveu no exílio e sob o regime da escravidão, São Vicente não cometeu um só pecado grave. As mulheres de seu senhor tentaram seduzi-lo, porém ele foi fiel ao celibato. Era admirado por sua virtude, e de tal forma, que converteu o seu senhor e o fez escolher uma só mulher como esposa, e esta última também abraçou o cristianismo.

De volta a Paris, os trabalhos de São Vicente eram coroados de êxito. Porém ele não se deixou mais contaminar pela vaidade, buscando honras e vida confortável, esquecendo-se do próximo. Pelo contrário, o seu amor a Deus fez com que crescesse também o seu amor ao próximo.

4) Grandeza da obra

Se olharmos para a infância do modesto pastor de carneiros e porcos, nada nos leva a crer que aquele menino iria ser pai de uma obra tão importante. Graças à correspondência à graça da vocação, São Vicente de Paulo fundou as Damas da Caridade, as Filhas da Caridade e a Congregação dos Padres Lazaristas. Fundações que deram continuidade a sua missão, e existem até hoje. Seu trabalho, inclusive, inspirou outras obras e fundações. Neste ponto, vale a pena o (a) catequista refletir com seus alunos sobre a parábola do grão de mostarda: “Em seguida, propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é comparado a um grão de mostarda que um homem toma e semeia em seu campo. É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos” (Mt 13,31-32).

Vocabulário:

Alvorecer: Amanhecer; começar a revelar-se (ideias, qualidades, sentimentos).

Envaidecer: Tornar-se vaidoso; ensoberbecer-se.

Celibato: Estado ou condição da pessoa solteira. No caso do celibato eclesiástico, o religioso se abstém de casar-se para praticar a castidade perfeita.

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.