Medalha Milagrosa

Universidade católica espanhola inicia atividades em Cuba com duas sedes

Madri, 04 set (ACI/Europa Press) - A Universidade Católica Santo Antonio de Murcia (UCAM) saiu das fronteiras europeias e inaugurou duas sedes educativas em Cuba, na cidade de Havana, conforme informaram fontes da instituição docente em um comunicado.

Ambas as sedes estão dedicadas exclusivamente a âmbitos de pós-graduação (Mestrado e programa de doutorado); uma no Centro Cultural San Juan de Letrán, centro pertencente à ordem dos dominicanos onde oferecem o Mestrado em Desenvolvimento Social.

A outra é a Sede Félix Varela que foi inaugurada recentemente e está localizada no edifico da Catedral de Havana, tem um Programa MBA onde o Cardeal Jaime Ortega cedeu espaços para o desenvolvimento de programas da UCAM, através de uma Escola de Negócios.

Com dois programas de pós-graduação em Havana e em colaboração com a Igreja e professores da Universidade Cubana de Havana (ULH), a UCAM iniciou sua extensão em Cuba de pós-graduação.

Em referência ao inicio dos primeiros programas de Mestrado em Desenvolvimento Social e em Business Administration, o vice-reitor de Extensão Universitária, Antonio Alcaraz, assegurou que "trata-se de uma experiência importante tanto para a UCAM, como para a cidade cubana e que é um marco histórico para todos sem precedentes".

Membros diretores da UCAM realizaram numerosas visitas e tiveram diversos encontros com membros da Igreja do país, do Ministério de Educação Superior, das universidades públicas do país e ordens religiosas, obtendo uma grande aceitação às propostas de fazer uma sede de pós-graduação com projeção nacional em Cuba e internacional no entorno do Caribe e da América Latina.

Programas internacionais de doutorado

Assim, o vice-reitor, que agora está supervisando o estado dos alunos, o corpo docente, e os novos programas, ressaltou que está prevista, por parte da Universidade Católica, a implantação de novos programas internacionais de doutorado conjuntos com a Universidade de Havana.

Em concreto, Psicologia, Comunicação Institucional e Jornalismo, Esporte, Educação Física e Saúde (este último com o apoio do vice-ministro de Esportes, Alberto Juantorena, que recentemente visitou a UCAM para ver o estado dos projetos).

Cada Programa Internacional de Doutorado terá um diretor de Tese da UCAM e um codiretor da Universidade de Havana, contando com um total de 20 vagas limitadas por ano para cada programa.

As vagas são bolsas financiadas conjuntamente pela UCAM e a ULH, e as teses serão lidas pelos melhores estudantes do país.

Por sua parte, o vice-decano da graduação em Administração e Direção de Empresas (ADE) da Universidade Católica de Murcia, Gonzalo Wandosell, será o encarregado de dirigir o curso do MBA na cidade centro-americana junto com o cubano Lenier González coordenador acadêmico local.

Este se inaugurou na segunda-feira passada com 45 alunos procedentes de todo o país, cargos diretores, e pré-selecionados de mais de 300 solicitudes. Em dito programa se conta com oito professores de Cuba, e outros oito da UCAM que viajarão para complementar e coordenar os módulos do mesmo.

Finalmente, explicam que em total já são mais de 30 professores do país e outros 25 da UCAM e de toda a Espanha os que se aderiram às distintas iniciativas de ambas as sedes.

Fonte e foto: Acidigital / EuropaPress

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.