Medalha Milagrosa

Santa Sé: 44 arcebispos vão receber pálio das mãos do Papa

Cidade do Vaticano, 27 jun (Ecclesia) – 44 arcebispos metropolitas de todo o mundo, incluindo sete brasileiros e um angolano, vão receber esta sexta-feira o pálio, uma insígnia litúrgica de "honra e jurisdição" da Igreja Católica.

A celebração, que vai decorrer na Basílica de São Pedro, no Vaticano, tem início marcado para as 09h00 (menos uma em Lisboa), presidida por Bento XVI.

Durante a missa, os participantes vão recordar os que sofrem os efeitos da “atual crise económica”, rezando para que resistam “à tentação do desânimo” e prossigam “com determinação no caminho da renovação ética e espiritual”.

A imposição do pálio, faixa de lã branca com seis cruzes pretas de seda, vai acontecer antes da missa, no altar da confissão, num rito simplificado, com a intenção de "abreviar a duração", anunciou hoje o Serviço de Informação do Vaticano.

Cada arcebispo deve proferir um juramento no qual se compromete a ser “sempre fiel e obediente” à Igreja Católica, ao Papa e aos seus sucessores.

O pálio é feito com a lã de dois cordeiros brancos benzidos pelos Papas na memória litúrgica de Santa Inês, a 21 de janeiro, todos os anos.

Dois arcebispos vão receber a insígnia na sua sede episcopal, por não se poderem deslocar ao Vaticano.

Cada metropolita preside a uma província eclesiástica constituída por diversas dioceses, um sistema administrativo veio da divisão civil do Império Romano.

OC - Agência Ecclesia

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.