Medalha Milagrosa

Símbolos da Jornada Mundial da Juventude passam por Uruaçu

No último dia 5, os Símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), chegaram a diocese de Uruaçu (GO). Dom Messias dos Reis Silveira, bispo desta diocese, recepcionou a Cruz Peregrina e a Imagem de Nossa Senhora com grande honra, devoção e animação. Junto com o dom Messias, estava o padre André Luiz, coordenador do Bote Fé regional, autoridades municipais, vários jovens e aproximadamente quinhentos carros que esperavam para a carreata de recepção dos Símbolos.

Os símbolos da JMJ foram transladados pelo carro do Corpo de Bombeiros por toda a cidade de Uruaçu, percorrendo suas ruas e avenidas, até chegarem a Catedral, onde os jovens das escolas estavam concentrados para recepcionarem a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora.

Dom Messias, expressando a alegria de estar recebendo a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, encorajou os jovens a continuarem com o mesmo espírito. Após este momento, a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora percorreram escolas estaduais e municipais, faculdades, órgãos públicos, casa de recuperação de dependentes químicos, centro de reinserção social, hospitais, comunidade de vida e o seminário.

Ao passar pelo hospital, as pessoas pediam a cura, e se emocionavam; nas instituições de ensino, os professores com os alunos foram ao seu encontro com todo o entusiasmo que os jovens possuem. As crianças tocavam a Cruz e o Ícone e rezavam pelas suas famílias.

No dia 05 de junho aconteceu a Missa da Juventude, na Praça da Catedral; no dia 06 de junho houve a Via-Sacra da Paróquia São Sebastião até a Catedral, atravessando toda a cidade. Durante a Via-Sacra, os jovens fizeram encenações, meditações e orações. No dia 07 de junho, os 27 municípios que abrangem a diocese de Uruaçu, as suas Paróquias e Capelas urbanas e rurais participaram do Bote Fé. Mais de 30 mil pessoas estiveram em todo o evento, segundo os organizadores. Neste mesmo dia, houve a Solenidade de Corpus Christi, os 55 anos de Evangelização da diocese de Uruaçu e o Bote Fé. Foram momentos únicos: muita oração, animação, palestras, confissões, momento mariano, adoração Eucarística, shows e uma extraordinária festa em comemoração a este evento.

Logo após o Bote Fé, dom Messias passou os Símbolos para o padre Clemilson, da diocese de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.

Fonte e foto: CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.