Medalha Milagrosa

Bento XVI às POM: uma campanha mundial de oração do Terço pela evangelização

Cidade do Vaticano, 11 mai (RV) - Em nossos dias, a missão "precisa de uma oração mais intensa": foi o que afirmou o Santo Padre na audiência concedida na manhã desta sexta-feira, na Sala Clementina, no Vaticano, às Pontifícias Obras Missionárias (POM), conduzidas pelo Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Fernando Filoni.

O Papa encorajou um projeto de "Propaganda Fide" que prevê uma campanha de oração do Terço para dar novo impulso ao anúncio do Evangelho. Em seguida, Bento XVI reiterou que todo homem e todo povo tem direito a receber o Evangelho da verdade.

A missão hoje "precisa renovar a confiança na ação de Deus", precisa "de uma oração mais intensa": foi o que ressaltou o Papa, que disse encorajar com alegria o projeto de apoio ao Ano da Fé promovido pela "Propaganda Fide" e pelas Pontifícias Obras Missionárias:

"Tal projeto prevê uma campanha mundial que, mediante a oração do Terço, acompanhe a obra de evangelização no mundo e, para muitos batizados, a redescoberta e o aprofundamento da fé."

O Papa reconheceu que o anúncio do Evangelho "comporta muitas vezes dificuldades e sofrimentos". Também nesta fase de mudanças políticas, econômicas e culturais – observou – as mensagens do Evangelho que anunciam esperança e paz "continuam sendo perseguidas" como o Senhor:

"Mas, apesar dos problemas e da trágica realidade da perseguição, a Igreja não se desencoraja, permanece fiel ao mandato de seu Senhor, consciente de que "como sempre na história cristã, os mártires, ou seja, as testemunhas, são numerosas e indispensáveis para o caminho do Evangelho".

Em seguida, o Pontífice reiterou que Jesus, "o rosto humano de Deus", deve ser o centro do anúncio na obra missionária e de evangelização. "Todo homem e todo povo tem o direito de receber o Evangelho da verdade":

"A evangelização, que sempre tem caráter de urgência, nestes tempos impele a Igreja a atuar com passo ainda mais veloz pelos caminhos do mundo, para levar todo homem ao conhecimento de Cristo."

De fato, "somente na Verdade, que é o próprio Cristo – observou –, a humanidade pode descobrir o sentido da existência, encontrar salvação, e crescer na justiça e na paz". O Papa dirigiu, ainda, palavras de encorajamento aos engajados na linha de frente na obra de "animação e formação missionária":

"Sejam sempre mais expressão visível e concreta da comunhão de pessoas e de meios entre as Igrejas, que, como vasos comunicantes, vivem a mesma vocação e tensão missionária e, em todo canto da terra, trabalham para semear o Verbo de Verdade em todos os povos e culturas."

Por fim, Bento XVI recordou com pesar o Subsecretário da Congregação para a Evangelização dos Povos, Pe. Massimo Cenci, falecido na noite desta quinta para sexta-feira. "O Senhor – disse o Papa – o recompense por todo o trabalho prestado em missão e a serviço da Santa Sé".

(RL) - Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.