Medalha Milagrosa

Arcebispo de Arezzo: ''A nossa Igreja espera o Papa com alegria''

Cidade do Vaticano, 28 abr (RV) - Cresce a expectativa em Arezzo, La Verna e Sansepolcro - região italiana da Toscana – para a visita pastoral de Bento XVI, em 13 de maio próximo.

Dentre os compromissos do Papa na programação da visita, destacam-se a missa e o Regina Coeli no parque da cidade de Arezzo, o encontro com os religiosos e as religiosas franciscanas no Santuário de La Verna, e, no final do dia, com os cidadãos de Sansepolcro.

Entrevistado pela Rádio Vaticano, o Arcebispo de Arezzo-Cortona-Sansepolcro, Dom Riccardo Fontana, nos fala sobre a expectativa da visita do Santo Padre:

Dom Riccardo Fontana:- "A nossa Igreja espera o Papa com alegria e grande expectativa. Há cinco séculos um Papa não visita Sansepolcro!"

RV: Essa visita italiana se dá num momento de forte crise econômica para o país...

Dom Riccardo Fontana:- "A nossa província, neste momento, está sendo muito atingida pela pobreza: uma família em cada quatro tem dificuldade de chegar ao fim do mês. O Santo Padre manifestou-nos a sua vontade de ser o pastor da caridade. Seguindo a indicação dos Atos dos Apóstolos, convocamos uma grande coleta cuja arrecadação será colocada nos pés do Papa a fim de que possa dispor dela para ajudar os mais pobres. Toda a visita será marcada por uma sobriedade absoluta. Também será dado ao Santo Padre um pequeno presente, por parte dos ourives. Essa é a "cidade do ouro". Os ourives querem oferecer uma Cruz peitoral ao Papa e é justo que o façam, mas se trata de um gesto modesto, simbólico. A oferta mais significativa dos ourives será feita em favor dos pobres, a fim de que possam ser ajudados."

RV: Feliz coincidência: a visita do Papa a Arezzo se realizará no dia de Nossa Senhora de Fátima...

Dom Riccardo Fontana:- "Exatamente. Que Nossa Senhora de Fátima proteja Bento XVI, a quem queremos muito bem. Que o conserve longamente na condução do Povo de Deus. Ele sabe falar-nos de Jesus como poucos outros. Gostamos muito de ouvi-lo, ajuda-nos a meditar, tem uma extrema delicadeza com a Palavra, propõe-nos uma Igreja que ainda nos entusiasma." (RL)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.