Medalha Milagrosa

Acervo da Biblioteca Vaticana será digitalizado

Cidade do Vaticano, 12 abr (RV) – Tem início, na Biblioteca Vaticana, a principal iniciativa de digitalização de manuscritos e incunábulos (obras raras que datam dos primeiros tempos da imprensa). O anúncio foi feito ao jornal Vaticano L’Osservatore Romano, pelo Prefeito da biblioteca, Dom Cesare Pasini.

Ele sublinha que, juntamente com a colaboração da Bodleian Libraries, de Oxford, na Inglaterra, serão digitalizadas um milhão e meio de páginas das duas instituições, graças ao suporte da Polonsky Foundation.

“Digitalizar significa conservar melhor os bens culturais, garantindo um reprodução de alto nível antes da degradação do original, deixando as obras à disposição de um maior número de pessoas”, afirma Dom Pasini. Entende-se a importância de expandir o conhecimento por meio da digitalização pelo fato de que a Biblioteca Vaticana tem 80 mil manuscritos e oito mil e 900 incunábulos.

Embora algumas obras já estejam sendo digitalizadas, prevê-se que o projeto tenha uma duração de cinco anos. Dois terços das obras que serão digitalizadas provêm da Biblioteca Vaticana. Cerca de 800 exemplares serão disponibilizados para consulta na Internet.

(ED) - Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.