Medalha Milagrosa

Papa fala dos frutos da Missão Continental na América Latina

Em visita México, o papa Bento XVI afirmou neste domingo, 25/03, num encontro com os bispos mexicanos na Catedral de León que os frutos da Missão Continental, conclamada na  Conferência de Aparecida, já estão sendo colhidos. “Entre eles, contam-se o estudo, a difusão e a meditação da Sagrada Escritura, que anuncia o amor de Deus e a nossa salvação”.
A declaração ocorreu durante a celebração das Segundas Vésperas da festa da Anunciação do Senhor, celebrada hoje na liturgia da Igreja. A agenda do Santo Padre no domingo, entretanto, foi bastante cheia. Pela manhã, ele presidiu a eucaristia no Parque do Bicententário, um espaço comemorativo aos 200 anos da independência mexicana. De acordo com a sala de imprensa da Santa Sé, mais de 500 mil fiéis estavam presentes à celebração, mais de 250 cardeais e bispos, e os presidentes das 22 conferências episcopais da América Latina, entre eles o cardeal Raymundo Damasceno Assis, presidente da CNBB.

Em sua homilia, o papa destacou como o anseio de vida plena se cumpriu realmente em Cristo. “Este é também o modo como Nossa Senhora de Guadalupe mostrou o seu divino Filho a São Juan Diego: não como um lendário herói portentoso, mas como o verdadeiro Deus pelo qual se vive, o Criador das pessoas, dos vizinhos e parentes, do Céu e da Terra”.

Ele também fez questão de relembrar o motivo de sua viagem, inspirada pela Conferência de Aparecida, quando os bispos da América Latina e do Caribe resolveram dar início à Missão Continental, a partir de um encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo, que desperte e inspire a ação dos discípulos missionários.

“A Missão Continental, que agora se está realizando de diocese em diocese neste Continente, tem como objetivo fazer chegar esta convicção a todos os cristãos e às comunidades eclesiais, para que resistam à tentação de uma fé superficial e rotineira, por vezes fragmentária e incoerente. Também aqui se deve superar o cansaço da fé e recuperar ‘a alegria de ser cristão’, de ser sustentado pela felicidade interior de conhecer Cristo e pertencer à sua Igreja”, refletiu o papa.

Nesta segunda-feira, Bento XVI se despede do México ao meio-dia (horário de Brasília). Às 16h, sempre no horário de Brasília, o Papa chega a Santiago de Cuba onde preside hoje a missa na praça Antonio Maceo, e visita amanhã o Santuário de Nossa Senhora da Caridade.

CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.