Medalha Milagrosa

Os Reis Magos

1) Os Reis do Oriente

Apesar de nobres, poderosos e senhores de vastas terras, aprendemos com a história dos reis magos que eles desprezaram as riquezas do mundo para estudar sobre os mistérios da natureza e, sobretudo, os mistérios de Deus, através das profecias. “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo” (Mt. 6,33). Os reis do oriente procuraram as coisas do Altíssimo e encontraram Ele próprio, Deus humanado, numa humilde manjedoura. A eles se aplica inteiramente o que disse Deus a Abraão: “Eu sou teu protetor, sua recompensa será demasiadamente grande” (Gn. 15,1).


2) A Estrela Guia

A estrela que guiou os reis até a gruta de Belém é uma bela figura de Maria, a Stela Matutina (Estrela da Manhã) que nos leva até Jesus. Quem se deixa guiar por ela, com toda certeza encontrará a Deus. Muitos são os que trilham caminhos diversos para chegar a Cristo Jesus, porém, como diz São Luís Grignion de Montfort, em sua obra Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, trilham por caminhos longos, difíceis e tortuosos. Sendo que aqueles que buscam a Nosso Senhor através da devoção à Santíssima Virgem, apesar de todas as dificuldades, caminham amparados e guiados pelo maternal amparo da Mãe Celestial.

3) Herodes

A maldade de Herodes é bem a imagem daqueles que tudo fazem para nos afastar do caminho que nos conduz a Deus. Neste ponto é importante o catequista deixar claro aos seus catequizandos que a vida não é um mar de rosas, ou como muitos filmes de Hollywood: uma continua brincadeira que termina com final feliz. A vida é uma luta, cheia de surpresas, de tristezas e alegrias. O Inimigo da Salvação não dorme, ele, como diz São Pedro, nos rodeia como leões, pronto a nos atacar. Por outro lado, temos nosso Anjo da Guarda, que nos aconselha e nos assiste, assim como foi com o anjo que apareceu em sonho aos reis magos, para adverti-los que Herodes estava mal intencionado. Além do nosso Anjo, recebemos de Deus inúmeras graças, para não cairmos em tentação. Tudo faz Deus para que não sejamos vencidos pelos Herodes do mundo, pois nos ama e nos quer junto d’Ele, como Jesus quis ter os magos juntos à sua gruta, em Belém.


4) Adoração e os presentes

Depois de uma longa caminhada, os reis magos encontraram a gruta e o Menino Deus. Ali depositaram ouro, incenso e mirra.  O mesmo se dá conosco se amarmos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos, praticarmos os Mandamentos e frequentarmos os sacramentos, enfim, numa palavra, formos fiéis a Deus. No fim de nossa jornada, nos encontraremos com Jesus e lhe presentearemos com as nossas boas obras, sobretudo, com nossa alma em estado de graça. Mais do que nos olhar como reis, Ele nos olhará como filhos, e dirá: “Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo” (Mt. 25,34).


Vocabulário:

Stela Matutina: Estrela da Manhã. Uma das invocações de Nossa Senhora na Ladainha Lauretana. A estrela da manhã atinge seu brilho máximo horas antes do amanhecer. Maria, antes de qualquer outra criatura, recebeu do anjo a anunciação do nascimento do Messias, por isso Ela também é chamada de Porta da Aurora.

São Luís Grignion de Montfort: * 1673 + 1716. Pregador e escritor, é um dos maiores mariólogos da Santa Igreja. Entre suas obras, está o Segredo Admirável do Santíssimo Rosário, O Segredo de Maria, Carta aos Amigos da Cruz e Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem.

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.