Medalha Milagrosa

Chuvas no Sudeste: Cáritas Brasileira realiza levantamento junto a paróquias e dioceses

Brasília, 10 jan (RV) – A Cáritas Brasileira vem acompanhando atentamente os desfechos das fortes chuvas que afetam a região Sudeste do país desde o início deste ano, principalmente nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

De acordo com José Magalhães, Assessor Nacional de Gestão de Risco e Emergências da Cáritas Brasileira, no momento está sendo feito um levantamento junto a paróquias e dioceses afetadas sobre a necessidade de ajuda emergencial.

Na região serrana do Rio de Janeiro, conforme informações repassadas pelos agentes de base, em Nova Friburgo, onde 10 mil pessoas vivem em áreas de risco, a situação está dentro da normalidade com destaque para o ponto de alerta instalado pela Defesa Civil e pelo Corpo de Bombeiros.

As fortes chuvas também afetam a região Noroeste do Rio, com maior concentração no município de Lajes do Muriaé.Em Nova Friburgo, são 35 unidades de sirenes instaladas em 20 comunidades.

De acordo com os últimos dados divulgados pela Defesa Civil nesta segunda-feira, dia 9, as chuvas que afetam o estado de Minas Gerais (MG) já deixam 12.875 desalojados (pessoas que saíram de suas casas temporariamente) e 1.240 desabrigados (aqueles que perderam suas casas).

Além disso, o número de cidades em estado de emergência subiu para 104 e o total de municípios atingidos para 157. Somente em Minas Gerais, mais de 2,2 milhões de pessoas foram afetadas, 12 mortes foram registradas e duas pessoas continuam desaparecidas. Em Belo Horizonte, já choveu 77% do total previsto para todo o mês de janeiro.

Os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo também sofrem com as intensas chuvas. A região fluminense, de acordo com dados da Defesa Civil, até a noite da última sexta-feira, dia 6, registra 6.287 desalojados, 2.361 desabrigados e seis municípios decretaram situação de emergência.

(BF com informações da assessoria de imprensa da Cáritas Brasileira)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.