Medalha Milagrosa

Em missa da Solenidade de Maria Mãe de Deus, arcebispo do Rio de Janeiro destaca JMJ 2013

Ainda com o ressoar das luzes e músicas do Natal teve início mais um novo ano civil. Momento de trocar o calendário, rever a história e pensar no futuro. Em 2011, muitas foram as realizações e passos dados pela arquidiocese do Rio de Janeiro, que também olha para o futuro com esperança e muitos compromissos.

Vislumbrando acolher e realizar concretamente o Ano da Fé e a Jornada Mundial da Juventude na cidade do Rio, fiéis de toda a arquidiocese e também de outros estados, como Minas Gerais e Pará, participaram da Missa da Solenidade de Maria Mãe de Deus, data em que também se comemora o Dia Mundial da Paz, dia 1º de janeiro, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no Centro do Rio.

A celebração foi presidida pelo arcebispo do Rio, dom Orani João Tempesta, e concelebrada pelo Pároco da Catedral, monsenhor Aroldo da Silva Ribeiro. Na acolhida, o arcebispo saudou a todos e ressaltou que a Igreja inicia o ano civil sob a proteção de Maria, a Santa Mãe de Deus, além de recordar a mensagem do papa Bento XVI para o 45º Dia Mundial da Paz.

“Estamos reunidos para iniciar o ano sob a proteção de Maria e celebrar o 45º Dia Mundial da Paz. O tema que o papa Bento XVI escolheu e colocou para fazermos uma reflexão nesse dia foi “Educar os jovens para a justiça e a paz”, lembrando a responsabilidade, portanto, dos governantes, das escolas, das famílias, dos pais, dos meios de comunicação, da Igreja, e do próprio jovem para poder viver uma antropologia, uma visão do homem, da pessoa humana, de acordo com os valores para poderem ser semeadores da justiça verdadeira e da paz em nossa sociedade”, disse.

Pedindo para que Deus iluminasse a todos e desse a cada um coração aberto para uma experiência da presença de Cristo no meio da assembleia, além das intenções particulares que cada um trazia em seu coração para 2012, dom Orani também convidou os fiéis a rezarem pelo Ano da Fé, que terá início no mês de outubro, pelo Sínodo dos Bispos que tratará sobre a Nova Evangelização e pela a Jornada Mundial da Juventude, que tem este ano como um período decisivo de preparação das comissões, comunidades e paróquias para acolher os jovens que virão do mundo inteiro.

Durante a homilia, o arcebispo contextualizou as três leituras realizadas no dia da Solenidade de Maria Mãe de Deus e afirmou que Maria intercede pelos homens para que eles vivam, acolham e anunciem Jesus Cristo como Salvador, o Messias, e levem ao mundo a verdadeira paz.

“O Senhor nos dá o dom e a oportunidade de guardar essas leituras em nosso coração, assim como Maria que também guardava os acontecimentos em seu coração. E nós somos chamados a passar este ano também guardando no coração os sinais que Deus tem colocando em nossas vidas, tanto na caminhada da arquidiocese quanto na caminhada de cada família, de cada paróquia, e desse nosso mundo também. Creio que nós somos chamados a iniciar essa confiança de que os dias que nos são dados são oportunidades que o Senhor nos dá para que, com o seu rosto voltado para nós, nos traga a verdadeira paz e que nós, como conseqüência, acolhamos a Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador, e o anunciemos aos irmãos e irmãs”, afirmou dom Orani.

Fonte e foto: CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.