Medalha Milagrosa

Papa no Angelus: ''Que Maria nos ajude a celebrar o Natal do Senhor com fé''

Cidade do Vaticano, 08 dez – Bento XVI rezou na manhã desta quinta-feira, Solenidade da Imaculada Conceição, a oração mariana do Angelus com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça S. Pedro.

Nesta bela manhã ensolarada de outono, feriado em Roma, o Papa recordou a anunciação do Arcanjo Gabriel e as etapas que culminaram com a declaração do dogma da Imaculada Conceição, feita pelo Beato Pio IX na Carta apostólica Ineffabilis Deus, de 1854.

"Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo" (Lc 1,28). A expressão 'cheia de graça' indica a obra maravilhosa do amor de Deus, que quis nos dar novamente a vida e a liberdade, perdidas com o pecado, mediante o seu Filho Unigênito encarnado, morto e ressuscitado", explicou o Papa.

Desde o século II no Oriente e no Ocidente, a Igreja invoca e celebra a Virgem que, com o seu "sim", aproximou o Céu da terra, se tornando "geradora de Deus e nutridora da nossa vida".

Também a nós é doada a "plenitude da graça", que devemos fazer resplender na nossa vida. Essa missão nós a recebemos por meio da Igreja, no dia do Batismo, sendo a Igreja a virgem mãe de todos os cristãos, como dizia Santa Hildegarda de Bingen.

Entre os inúmeros "cantores" da beleza espiritual da Mãe de Deus, Bento XVI citou São Bernardo de Chiaravalle. Ele dizia que a invocação "Ave Maria cheia de graça" ressoa bem a Deus, aos anjos e aos homens: aos homens graças à maternidade, aos anjos graças à virgindade e a Deus graças à humildade.

"Que Ela nos ajude a celebrar com fé o Natal do Senhor que se aproxima", concluiu o Papa, recordando que esta tarde irá até o centro de Roma, na Praça de Espanha, para homenagear Maria Imaculada. (BF)

Fonte e foto: Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.