Medalha Milagrosa

Símbolos da JMJ na diocese de São João-del Rei

No domingo, 27, sob chuva forte, cerca de 1500 pessoas movidas pela fé, animação e emoção, receberam os símbolos da Jornada Mundial da Juventude. A Grande Cruz e o Ícone de Nossa Senhora chegaram da arquidiocese de Juiz de Fora (MG) trazidos pela comitiva de jovens da diocese de São João del-Rei.

Devido às condições adversas do tempo durante todo o dia, a programação da Passagem dos Símbolos sofreu modificações. Uma delas foi o show com o cantor Eros Biondini (Comunidade Canção Nova) que foi transferido do centro de São João del-Rei para a quadra da paróquia do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

Cerca de mil jovens lotaram o local onde se apresentou o cantor. Durante o show, Biondini destacou várias mensagens de fé e esperança, principalmente aos jovens, que marcaram forte presença. “Deus é maravilhoso. Este momento é único para todos nós, especialmente para a diocese de São João del-Rei”, destacou o cantor que  trabalha na evangelização dos jovens há 22 anos.

Seja com lágrimas, risos, pulos, aplausos ou cânticos, a juventude, que tanto aguardava por este momento, expressou seus sentimentos. Logo após o show, os jovens carregaram os símbolos para o interior do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, onde foi celebrada a missa de acolhida.

Santa Missa

Ao som de cânticos especiais preparados por um grande coral de jovens, a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, da Jornada Mundial da Juventude, entraram em procissão no Santuário de Matosinhos. Jovens e padres de várias cidades da diocese, juntos a uma grande multidão de devotos, lotaram o Santuário do Bom Jesus.

A celebração, transmitida ao vivo pelo site da diocese de São João del-Rei, foi presidida pelo pároco local, padre José Bittar e concelebrada pelo padre frei Jaime Eduardo, assessor diocesano da juventude, juntamente com outros padres da diocese. Os seminaristas também participaram deste grande momento de fé e oração.

“Essa juventude está de parabéns! Eles enfrentam tudo, chuva, fome, sem perder o ânimo, a fé”, elogiou frei Jaime durante a homilia da celebração.

CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.