Medalha Milagrosa

Denúncia na Índia: Campanha de ódio e calúnias contra os cristãos

Roma, 04 nov - Líderes extremistas hindus intensificaram uma campanha de ódio e de calúnias contra os cristãos na Índia: essa a denúncia que chegou à agência Fides enviada pela organização “All Índia Christian Council”, que defende os direitos humanos e a liberdade de religião, e confirmada por diversas fontes da Fides na Igreja indiana. O advogado Subramaniam Swamy, presidente do Partido Nacionalista Hindu “Bharatiya Janata Party” (BJP) – principal partido de oposição ao governo federal – “iniciou uma campanha de calúnias contra as comunidades cristãs e muçulmanas”, destaca a nota da Organização, e em particular, contra a “Lei para a prevenção da violência intercomunitária”, e que as minorias religiosas e a Igreja Católica esperam seja em breve aprovada pelo Parlamento.

O líder do Partido Nacionalista – informa uma fonte da Fides – é apoiado por outros expoentes políticos, como Lal Krishan Advani e Narendra Modi, também pertencentes ao mesmo partido: essas lideranças, após muitos anos de militância, ao lado inclusive de formações extremistas hindus como “Sangh Parivar”, hoje pretendem “refazer a sua imagem apresentando-se como moderados, para recolher novos consensos eleitorais”, mas na realidade “desejam transferir as lógicas do ‘comunitarismo’, e portanto, os abusos contra minorias, aos diversos departamentos do Estado”.

O líder católico John Dayal, Secretário-Geral da “All Índia Christian Council”, recordou que os líderes cristãos de Mumbai apresentaram no passado uma denúncia formal contra Subramaniam Swamy, pela difusão de ódio na sociedade, em violação à Constituição. Segundo Dayal, a lei para a prevenção da violência contra as minorias é mais do que nunca necessária, pois, segundo dados oficiais, “nos últimos 10 anos se verificaram na índia mais de 6 mil episódios de violência de massa”. O “comunitarismo é um mal como a corrupção”, destaca “All Índia Christian Council”, e ambos devem ser detidos com procedimentos legislativos ad hoc, que contrastem campanhas de ódio e violência contra minorias e comunidade marginalizadas, como muçulmanas, cristãs e dalits. (SP)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.