Medalha Milagrosa

Congresso celebrará 550 anos da canonização de Santa Catarina de Sena

Cidade do Vaticano, 21 out - "Virgo digna coelo. Catarina e sua herança". Esse é o tema do Congresso internacional promovido pelo Pontifício Comitê de Ciências Históricas, por ocasião dos 550 anos da canonização de Santa Catarina de Sena, Padroeira da Itália.

O Congresso, que se realizará em Roma e Sena de 27 a 29 do corrente, foi apresentado na manhã desta sexta-feira na Sala de Imprensa da Santa Sé.

Morta em Roma em 29 de abril de 1380, no dia 29 de junho de 1461 o Papa Pio II elevou Catarina de Sena à honra dos altares.

Sua imagem tornara-se símbolo potente, capaz de coadunar expectativas de renovação e projetos de reforma, bem como ponto de referência constante dos ideais de perfeição cristã na complexa fase de passagem da Idade Média para a Idade Moderna.

Apresentando o referido Congresso, disse o Presidente do Pontifício Comitê de Ciências Históricas, Pe. Bernard Ardura:

"O Congresso se articulará em quatro sessões, que permitirão aprofundar a vida da Santa e a sua influência, considerando que era semi-analfabeta e que, portanto, os seus escritos foram, em sua maioria, ditados. Recordemo-nos que Paulo VI a declarou "Doutora da Igreja" por sua alta teologia e por sua influência na renovação dessa ciência."

Após a análise do patrimônio teológico, as outras sessões do Congresso completarão o percurso historiográfico nas pegadas da Santa Padroeira da Itália. Em seguida, disse, ainda, Pe. Ardura:

"A segunda sessão será dedicada ao processo de canonização; a terceira sessão será inteiramente dedicada às relações entre Santa Catarina e as várias observâncias religiosas de seu tempo; na quarta sessão veremos que podemos estudar e celebrar Santa Catarina hoje, porque a sua memória permaneceu sempre viva no povo cristão e a sua influência jamais cessou."

Os 550 anos da canonização serão também uma ocasião para aprofundar um aspecto até então pouco explorado: a herança histórica e espiritual de Santa Catarina de Sena.

Durante a coletiva de imprensa foi também anunciado que, para celebrar os 50 anos do início do Concílio Vaticano II, o Pontifício Comitê de Ciências Históricas publicará alguns escritos pessoais de bispos que participaram desse extraordinário evento eclesial. (RL)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.