Medalha Milagrosa

Paróquia na Terra Santa celebra martírio do profeta João Batista, o precursor do Messias

Jerusalém, 27 ago - A Paróquia de São João Batista, em Madaba, na Terra Santa, festeja o seu padroeiro também com um festival. Na próxima segunda-feira, 29 de agosto, a Igreja recorda o martírio do Precursor de Jesus, e em Madaba haverá festa. Mas os paroquianos já estão celebrando São João desde esta sexta-feira.

Com o tema "Ó Batista, acendei em nós o fogo da fé", está em andamento, no pátio da escola feminina do Patriarcado Latino, o festival em honra a São João Batista, para o qual também foi convidado o Patriarca Latino de Jerusalém, Dom Fouad Twal.

Em entrevista publicada no site abouna.org, o Pároco de São João Batista, Pe. Yaqoub Rafidi, ressalta que o festival quer enfatizar a grandeza do santo padroeiro da paróquia, "evidenciada na Sagrada Escritura, na vida da Igreja e no coração dos fiéis".

"Esse festival é rico de significado também por causa da proximidade geográfica da nossa paróquia do lugar do martírio de São João Batista, o castelo de Makawer. Por esse motivo, em 1976 a Santa Sé declarou a nossa igreja santuário e lugar de peregrinação" – explica Pe. Rafidi.

"Essa iniciativa é destinada principalmente a reforçar a voz de João Batista na nossa paróquia e em nossas vidas. É a voz da justiça e da verdade" – acrescenta.

Antes do início do festival o Patriarca Twal inaugurou as antigas salas do Santuário de São João Batista - situadas na parte inferior da igreja – para abri-las à visitação dos fiéis e peregrinos. (RL)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.