Medalha Milagrosa

Nota pelo falecimento de Dom Ângelo Maria Rivato

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil recebeu com pesar a notícia do falecimento de Dom Ângelo Maria Rivato, bispo emérito de Ponta de Pedras, no Estado do Pará, ocorrido no último sábado, dia 20, aos 87 anos, na Itália.

Nascido em 1924, em San Giovanni Iparione, Verona, Itália, Dom Ângelo entrou na Companhia de Jesus, em 1951. Em 1967, foi nomeado o primeiro bispo Prelado de Ponta de Pedras, missão que exerceu até 2002.

Ao longo de seus 35 anos de pastoreio em terras Amazônicas, Dom Ângelo deu testemunho de sua fé na Ressurreição do Senhor e anunciou destemidamente o amor misericordioso de Deus para com todos, muito bem expresso no seu lema episcopal: “Onde está o amor, aí está Deus”. Agora, é chamado a experimentar o gozo da alegria eterna, prêmio da fidelidade à sua vocação de discípulo-missionário de Jesus.

Nesse momento, a CNBB se une em prece aos familiares, amigos e co-irmãos da Companhia de Jesus, que pranteiam o passamento deste grande pastor e servo de todos, a quem está reservada “a coroa da justiça” (2 Tm 4,8), recompensa para os justos que colocam sua confiança no Senhor.

Brasília, 22 de agosto de 2011

SG. nº 0814/11

Leonardo Ulrich Steiner
Bispo da Prelazia de São Félix do Araguaia
Secretário Geral da CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.