Medalha Milagrosa

JMJ: Intensa movimentação de jovens em Madri

Madri, 14 ago - É cada vez mais intensa a movimentação de jovens em Madri por causa da Jornada Mundial da Juventude, que começa na terça-feira, 16. No IFEMA, na Feria de Madrid, um batalhão de voluntários de vários países confirma a inscrição dos jovens, que recebem uma mochila com material para a jornada. É aí também que os de última hora podem fazer sua inscrição. Na manhã deste domingo, o movimento era pouco e nem precisava enfrentar fila.

No ato da inscrição, cada pessoa pagou uma taxa, segundo as várias opções oferecidas pela organização da Jornada. A taxa varia de 30 euros a 210 euros e as opções são inscrição com alojamento e alimentação; só inscrição e refeições; inscrição e alojamento, sem refeição, ou apenas inscrição.

Na mochila de cada participante inscrito há pelo menos 15 itens como, por exemplo, um livro-guia com as principais informações sobre a jornada, além de dados sobre cidade de Madri e a Espanha. Há também um exemplar do youcat, um catecismo para jovens católicos, com o prólogo escrito pelo papa Bento XVI.

Outros materiais na mochila são “O livro do peregrino”, com orações para o período da JMJ; um exemplar do Evangelho de São Mateus, em seis línguas (Espanhol, Inglês, Italiano, Francês, Alemão e Polonês), além de terço, crucifixo, boné e camiseta.

Os participantes recebem, ainda, um vale transporte que lhe dá direito a se locomover em Madri gratuitamente no período da Jornada e o crachá para os atos centrais da JMJ.

O site oficial da JMJ explica que a participação na Jornada é gratuita e que qualquer pessoa pode assistir aos atos principais, que são a missa de abertura, no dia 16, às 20h; a cerimônia de acolhida do papa, na quinta-feira, 18; a via-sacra, na sexta-feira, 19; a vigília, no sábado, 20, e a missa de encerramento, no domingo, 21. Os inscritos terão lugar reservado para estes atos.
Jovens com deficiência

Segundo o Departamento de Comunicação do evento, a JMJ de Madri será a primeira “plenamente adaptada aos jovens enfermos e com deficiência”. Isso se tornou uma das prioridades dos organizadores, que é “servir estes jovens, garantindo sua participação e protagonismo”.

São esperados 4 mil peregrinos com deficiência, entre os quais cerca de 700 cadeirantes. Mais de 1.500 ficarão alojados em centros adaptados. Segundo a Sala de Imprensa da Jornada, estes jovens ficarão próximo do papa nos atos centrais do evento. No dia 20, às 19:30h, os jovens enfermos e com deficiência receberão a visita de Bento XVI, na Fundação Instituto São José.

CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.