Medalha Milagrosa

Faculdade Católica de Fortaleza e bispos enaltecem 2º Fórum Brasileiro de Cultura

Durante a abertura do 2º Fórum Brasileiro de Cultura, “Desafios da Cultura para a Ação Evangelizadora”, que acontece na Faculdade Católica de Fortaleza (FCF), de 17 a 19, o diretor da FCF, professor padre Almir Magalhães de Oliveira, destacou que o evento trata de temas importantes e tem por objetivo dialogar em favor da cultura.

“É de muita responsabilidade acolher hoje este fórum, pra tratar estes temas de relevância eclesial e pastoral. Sãos os sinais dos tempos explicitados pela cultura moderna e pós-moderna que nos desafiam. Tudo isto tem como objetivo abrir o dialogo com a cultura,e propor caminhos levando em consideração esses dados da cultura”, disse.

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, também disse que o evento é mostra a importância do diálogo e é a oportunidade de “falar da dualidade da cultura e da evangelização”. Como exemplo de abertura para o diálogo, dom Antonio se lembrou dos 50 anos do Concílio Vaticano II que será celebrado no próximo ano. “Foi a partir do Concilio Vaticano II que se abriu o dialogo com a sociedade e o mundo”, comentou.

encontro_fortaleza1Ainda de acordo com o arcebispo, a Igreja sempre se abriu ao diálogo com a cultura e educação. Dom Antonio mencionou o Pontifício Conselho para a Cultura fundado por João Paulo II para dar maio atenção à cultura e evangelização, bem como das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) e a Conferência Episcopal Latino-americana de Aparecida que “tomou consciência da mudança de época e onde se colocam os desafios para a evangelização”. Sobre o tema nas DGAE, ele disse que “partem dos desafios da cultura local e mundial de mudança de parâmetros”.

O ex-presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura, Educação e Comunicação Social da CNBB, hoje Comissão para Cultura e Educação, apresentou a caminhada do departamento nos últimos anos e disse que o evento em Fortaleza é a possibilidade de dar maior visibilidade à cultura e as universidades. Em seguida ele deu a palestra “Atualidade da Constituição Pastoral Gaudium ET Spes para o diálogo com a cultura”, abrindo-se espaço para o diálogo e a intervenção dos jovens que estavam no encontro. ( mais de 300 inscritos).

Além desses bispos estava o bispo auxiliar de Fortaleza, dom Rosalvo Cordeiro de Lima. No encerramento do encontro que acontece amanhã, 19, o arcebispo de Sorocaba (SP), dom Eduardo Benes também dará uma palestra.

CNBB

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.