Medalha Milagrosa

Novo arcebispo primaz do Brasil toma posse na Arquidiocese de Salvador

Salvador, 26 mar - Na noite desta sexta-feira, 25, na Catedral Basílica de Salvador (BA) o novo arcebispo primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, tomou posse da diocese de Salvador sucedendo o Cardeal Geraldo Majella que teve aceita sua renúncia pelo Santo Padre ao atingir o limite de idade de 75 anos, conforme estabelece o Direito Canônico.

''Procurarei exercer minha missão em profunda união com o Papa Bento XVI, dedicando-me à missão que ele me confiou'', destacou o novo Arcebispo de Salvador, “Não é com pequena emoção que tomo posse na Arquidiocese que tem em seu nome uma homenagem ao Senhor”, disse Dom Murilo Krieger na celebração.

“Procurarei exercer minha missão em profunda união com o Papa Bento XVI”, afirmou o novo Arcebispo Primaz.

Dom Murilo ressaltou que tem seu antecessor, Dom Geraldo Majella, como um amigo e companheiro de missão, alguém que ele admira por sua atuação nas diversas missões que a Igreja lhe confiou .

Segundo o Portal Canção Nova Notícias, o Arcebispo de Salvador disse que com sua experiência de 26 anos de episcopado, constatou que “a maior parte daquilo que um bispo consegue realizar o faz pelos seus sacerdotes”, dizendo que os padres e seminaristas de Salvador são sua esperança.

“Seguir Jesus Cristo significa seguir como aquele que lava os pés”, enfatizou Dom Murilo.
Aos religiosos das diversas ordens e os membros de comunidades e movimentos de leigos, ele ressaltou que “a maior contribuição [deles] é a vivência profunda de seus carismas”, informou também o Portal de Notícias da Canção Nova.

Chamado universal à santidade

Ao lembrar o lema de seu episcopado, “Deus é Amor”, Dom Murilo enfatizou que “qualquer que seja a sua história há uma certeza: Deus te ama”. Diante da pobreza e das desmazelas sociais, Dom Murilo lembrou do exemplo deixado por Irmã Dulce, ressaltando que ela levava consigo esse amor de Deus para as pessoas, recordando-as que elas são amadas por Deus, e assim como ela, com os olhos mirando o Céu e com os pés no chão, todos são chamados à santidade.

“Santo é aquele que encontra Jesus Cristo e caminha com ele em direção ao Pai”, concluiu o novo Arcebispo de Salvador.

O Núncio Apostólico agradeceu a dedicação de Dom Geraldo em Salvador dizendo que “a Igreja no Brasil lhe será sempre grata por seu trabalho” e que “o Santo Padre certamente lhe terá sempre em sua oração”.

Ao novo arcebispo, Dom Lorenzo disse que sua atuação no Paraná e em Santa Catarina lhe trouxe experiência e competência para realizar a missão que o Papa João Paulo II lhe confiou como bispo.

“Os hábitos aqui são distintos, mas Deus é o mesmo”, ressaltou o Núncio lembrando com admiração o exemplo deixado pelo “anjo bom da Bahia”, Irmã Dulce, que será beatificada no dia 22 de maio. Ao falar dos problemas sociais ainda presentes no Brasil e, em particular na Bahia, Dom Lorenzo recordou as palavras de João Paulo II: “O Brasil precisa de santos”.

O caminho de Santidade é um chamado de Deus para todos, assim, o Núncio destacou a importância de uma vida de fé autentica. “Somente quando tivermos imbuídos pelo Amor seremos capazes de ser felizes”.

Ao despedir-se da função, Dom Majella ressaltou que todo bispo encontra na figura do Bom Pastor seu modelo e, que como sucessor apostólico, cada bispo tem como missão apascentar o rebanho que Deus lhe confiou.

Acidigital

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.