Medalha Milagrosa

Coleta em favor da Terra Santa

Cidade do Vaticano, 21 mar - "A Terra Santa precisa esperar na paz", foi o que disse o Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, Cardeal Leonardo Sandri, numa carta publicada, nesta segunda-feira, sobre a coleta que será realizada na Sexta-Feira da Paixão pela Igreja espalhada pelo mundo, em favor dos cristãos do Oriente Médio.

O purpurado enviou a missiva aos pastores da Igreja Católica, exortando todos os fiéis a se unirem ao Papa a fim de encorajar, espiritualmente e concretamente, os cristãos do Oriente Médio. "A Terra Santa espera a fraternidade da Igreja espalhada pelo mundo e deseja retribuí-la na partilha da experiência de graça e dor que marca o seu caminho" – frisa o Cardeal Sandri na mensagem, sublinhando o dever da solidariedade, um compromisso proveniente da época apostólica.

O Cardeal Sandri expressa seu pesar pelo aumento da violência contra os cristãos no Oriente Médio, e tais consequências se sentem fortemente na Terra Santa. "Os cristãos do Oriente Médio experimentam a atualidade do martírio e sofrem por causa da instabilidade e ausência de paz. O sinal mais preocupante permanece o êxodo incontrolável" – frisou o purpurado.

A carta exorta os fiéis a encorajar os cristãos da Terra Santa. "Devemos lutar pela paz. A paz é possível. A paz é urgente" – disse ainda o Cardeal Sandri.

A Congregação para as Igrejas Orientais é porta-voz das necessidades pastorais, educacionais e caritativas das Igrejas no Oriente Médio. "Através da solidariedade universal, lê-se na carta, essas Igrejas permanecem inseridas nos sofrimentos e nas esperanças dos respectivos povos, defendem os direitos e os deveres de cada pessoa e das comunidades e caminham junto com os pobres, contribuindo na promoção social do Oriente Médio. (MJ)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.