Medalha Milagrosa

Três ex-bispos anglicanos ordenados sacerdotes em Londres

Cidade do Vaticano, 22 jan - No dia 15 do corrente, em Londres, foram ordenados sacerdotes católicos três ex-bispos anglicanos que, nos meses passados, haviam renunciado à própria condição, solicitando entrar em comunhão com a Igreja Católica.

Deu-se assim – diz o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi, em seu editorial desta semana – o passo decisivo para a criação do primeiro Ordinariato previsto num documento de Bento XVI, datado de novembro de 2009 e intitulado Anglicanorum coetibus – para os pastores e fiéis anglicanos que manifestarem o desejo de entrar em comunhão com a Igreja Católica, não individualmente, mas como grupos.

Encontrando-se com os bispos ingleses ao término de sua viagem à Inglaterra e Gales – diz ainda Pe. Lombardi – Bento XVI falara de "um gesto profético, capaz de contribuir positivamente para o desenvolvimento das relações entre anglicanos e católicos, que nos ajuda a voltar o olhar para a meta última de toda atividade ecumênica, qual seja, a plena comunhão eclesial".

No ensejo de sua nomeação a primeiro Ordinário do Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham, o Rev. Keith Newman – um dos três neo-ordenados – agradeceu ao papa – observa Pe. Lombardi em seu editorial – pela confiança, a sua esposa e família, pelo apoio, à Igreja Anglicana por tudo o que lhe deu, e ao primaz anglicano, Dr. Rowan Williams, pela paciência e gentileza demonstradas no curso do longo e não fácil caminho de passagem à comunhão católica.

Numa longa entrevista, muito espontânea – diz o diretor da Sala de Imprensa e da Rádio Vaticano – o Rev. Keith Newman recorda como o desejo de união tenha marcado toda a sua vida cristã, recorda a sua profunda experiência da universalidade da Igreja por ocasião da Audiência Geral, na Praça São Pedro, e fala de sua alegria de vovô, que pôde batizar seu primeiro netinho durante sua primeira celebração eucarística como sacerdote católico.

Portanto, não um sinal de divisão, mas sim uma pequena ponte na longa estrada rumo à unidade. Parece-nos – conclui Pe. Lombardi – que esteja acontecendo, realmente, algo de novo e de belo. Fazemos votos para que o novo Ordinariato inglês e os demais que o seguirão possam nascer e crescer neste espírito. O bem-aventurado Cardeal Newman, padroeiro do Ordinariato, acompanhe e inspire. (FL/AF)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.