Medalha Milagrosa

Cavaleiros de Colombo levam ajuda a crianças do Haiti

Porto Príncipe, 18 jan - Os Cavaleiros de Colombo, uma organização leiga, anunciou a realização de um projeto qleue permitirá que mil crianças no Haiti, que sofreram amputações após o terremoto de 2010, possam receber prótese e realizar terapia física e psicológica.

Essa iniciativa - "Curando as Crianças do Haiti" - realiza-se com o apoio do "Project Medishare" que, no último 10 de janeiro, organizou uma mostra de seu trabalho em Porto Príncipe, capital desse país caribenho.

Os Cavaleiros de Colombo investiram mais de um milhão de dólares neste programa.

Para o Dr. Barth Green, fundador do Project Medishare, essa ajuda é de suma importância devido às circunstâncias únicas das crianças. "Cada uma dessas crianças que sofreram amputações de um dois membros, necessitam pelo menos duas ou três pernas novas a cada ano, o que faz com que seja fundamental seguir nesse projeto que salva vidas e dá próteses de presente".

O número de próteses que cada criança requer é elevado porque se encontram em idade de rápido crescimento.

Por sua vez, o Cavaleiro Supremo dos Cavaleiros de Colombo, Carl Anderson, afirmou que cada um dos membros da ordem está "honrado em ter sido capaz de dar tão importante presente de esperança às crianças do Haiti. Até o momento já foram ajudadas mais de 100 crianças e se espera que muitos mais recebam apoio em um futuro próximo".

"É curioso dar um presente que muda uma vida para sempre. Dar mobilidade faz simplesmente isso, mas poucas coisas podem mudar a vida de uma criança de maneira tão grande como voltar a ter a liberdade de mover-se", disse. (SP)

Rádio Vaticano

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.