Medalha Milagrosa

Escapulário do Carmo

Quem não gostaria de ter sempre consigo "um sinal de salvação, amparo e proteção nos perigos, e aliança de paz para sempre"? E quem não gostaria de receber uma garantia de Nossa Senhora de que não padecerá no inferno?

Foi exatamente esta a promessa feita pela Virgem do Carmo a São Simão Stock, em uma aparição no dia 16 de julho de 1251:

"Filho diletíssimo, recebe o Escapulário da tua Ordem, sinal especial de minha amizade fraterna, privilégio para ti e todos os carmelitas. Aqueles que morrerem com este Escapulário não padecerão o fogo do Inferno. É sinal de salvação, amparo e proteção nos perigos, e aliança de paz para sempre".Escapulario do Carmo.jpg

Inicialmente o Escapulário era usado apenas pelos membros da Ordem do Carmo. Porém, depois, ele foi difundido entre os fiéis de todo o mundo e é um dos principais objetos da piedade mariana.

A Campanha Nossa Senhora das Graças está empenhada na difusão desta importante devoção por todo o Brasil. Queremos que todas as pessoas conheçam o verdadeiro valor e significado do santo Escapulário e o usem com amor e piedade.

Nos dias de hoje vemos pessoas que usam santinhos, medalhas e até Escapulários ao pescoço. Mas, infelizmente, a maioria não conhece o valor e o significado religioso desses objetos... Alguns os usam apenas como enfeites ou até mesmo como se fossem "amuletos da sorte". Entretanto o Escapulário do Carmo, como todos os outros objetos de piedade da Igreja Católica, está longe de ser um sinal "mágico" de salvação, e o seu uso não dispensa as exigências da vida cristã. Não basta levá-lo ao pescoço e pensar: "Estou salvo, não preciso fazer mais nada!"

Conforme o Diretório sobre a Piedade Popular e a Liturgia, editado pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos no ano de 2002, o Escapulário "é um sinal exterior da relação especial, filial e confiante que se estabelece entre a Virgem, Rainha e Mãe do Carmo, e os devotos que se entregam a ela com total confiança e recorrem à sua intercessão maternal; recorda a primazia da vida espiritual e a necessidade da oração".Escapulario do Carmo2.jpg

Em verdade, o uso do Escapulário foi recomendado por inúmeros Papas e santos. Um destes, São Cláudio de La Colombière, afirma: "Não basta dizer que o Escapulário é um sinal de salvação. Eu sustento que não há outro que faça tão certa nossa predestinação".
O Papa e Beato João Paulo II usava sempre o Escapulário do Carmo e o testemunhou publicamente: "Também eu levo no meu coração, desde há muito tempo, o Escapulário do Carmo!"

Quem usa o Escapulário também pode se beneficiar do privilégio sabatino.

Segundo antiga e piedosa tradição, a Santíssima Virgem apareceu ao Papa João XXII e prometeu livrar do Purgatório, no primeiro sábado após a morte, todos os que usarem devotamente o Escapulário. Este é o chamado privilégio sabatino. Para receber esta graça, é preciso manter a castidade segundo o próprio estado, recitar diariamente o Pequeno Ofício da Imaculada ou uma oração indicada pelo padre na hora da imposição. O privilégio sabatino foi confirmado por vários Papas, como Clemente VII, S. Pio V e Gregório XIII.

A Campanha Nossa Senhora das Graças irá distribuir gratuitamente centenas de milhares de Escapulários por todo o Brasil, explicando o seu valor e significado. Nós queremos convidá-lo a se juntar nesta bela iniciativa. Você gostaria de participar da divulgação do Escapulário? Assim contribuiremos para aumentar a devoção a Nossa Senhora nos corações das pessoas.

Entre em contato conosco através do nosso e-mail:

[email protected]

Ou converse com um dos nossos atendentes pelo telefone:

(11) 3294-6000

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
Brennda Stephannie
  -   15 de janeiro de 2016

Eu gostaria de me junta a voces nessa otima iniciativa.